Com as águas do Rio Cricaré voltando a apresentar índices elevados de salinização, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Mateus está alternando o acionamento dos poços profundos com a captação no rio.

De acordo com a Secretaria de Comunicação, o Saae informou que nesta terça-feira (15) a captação de água no Rio Cricaré foi interrompida às 3 horas da madrugada, quando a salinização atingiu 240,7ppm (partes por milhão).

O recomendado pela Organização Mundial da Saúde para consumo humano é no limite de até 250ppm. Depois, a água do rio voltou a ser bombeada para a estação de tratamento do Saae, às 8h30, quando a taxa de salinização caiu para 166ppm.

As bombas de captação no rio foram novamente desligadas às 15h08, quando a água apresentou índice de 210ppm.

O diretor do Saae, Renê Michel Kherlakian explica que, quando a captação no rio é interrompida, imediatamente os 15 poços artesianos profundos localizados em vários pontos da cidade são acionados e começam a bombear água diretamente no sistema de distribuição.

Leia também:   Espírito Santo tem mais 686 casos e 12 mortes por covid-19

Desta forma, a Prefeitura garante que não há água salgada chegando às torneiras nas residências.

“Devido ao baixo volume do rio, a água que vem do mar está novamente invadindo o espaço. Para que a população não receba a água salgada em suas torneiras, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto do Município vem garantindo o abastecimento através do uso das águas dos poços artesianos de grande profundidade. Atualmente 15 poços estão em funcionamento” – frisa a Secretaria de Comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here