A Polícia Militar registrou um atentado a tiros por volta das 8h de terça-feira (10) no Bairro Cacique. Segundo o relatório do plantão policial encaminhado à Rede TC na manhã desta quarta (11), duas horas depois do atentado, ocorrido próximo ao campo de futebol na Avenida Cricaré, por volta das 10h, seis homens armados chegaram ao Bairro Santa Teresa (Ponte) por meio do Rio Cricaré numa embarcação e abriram fogo num beco próximo a um bar.

De acordo com o BO, os militares receberam a informação de que um homem havia sido baleado no Bairro Cacique e já teria sido encaminhado para socorro no Hospital Roberto Silvares. Para a polícia, a esposa da vítima disse que um veículo, branco ou prata, aproximou do marido e os ocupantes abriram fogo contra ele. A PM registra que a assistência social do hospital informou que a vítima foi atingida por dois tiros, um no peito e outro na barriga e estaria em procedimento cirúrgico. Ainda segundo o BO, a esposa da vítima disse que o marido havia sido preso por roubo e este poderia ter sido o motivo do atentado.

E por volta das 10h, a PM recebeu informações de que estaria ocorrendo uma troca de tiros no Bairro Ponte entre integrantes de gangues dos dois bairros. Para a polícia, testemunhas informaram que cerca de seis homens chegaram no Bairro Ponte por meio do Rio Cricaré e usando uma embarcação, e efetuaram vários disparos na direção de um beco que fica ao lado de um bar. Segundo o BO, após o atentado, esse grupo roubou um veículo Saveiro preto e retornou para o Bairro Cacique.

A PM registra que foram feitas buscas pelo bairro e o veículo foi localizado numa viela do Bairro Cacique e entregue ao proprietário. De acordo com o BO, nenhum suspeito foi localizado. Após os episódios da manhã de terça, vários moradores ficaram assustados relatando temor com a ameaça de nova guerra entre gangues dos dois bairros.

Leia também:   Polícia Militar apreende drogas e recupera moto e carro roubados

São Mateus–ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here