O governador do Estado do Espírito Santo e presidente do Consórcio Brasil Verde,  Renato Casagrande, estará em Dubai, nos Emirados Árabes, para participar da 28ª Conferência de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), conhecida como COP-28, entre os dias 1º e 4 de dezembro. O chefe do executivo capixaba embarca nesta quarta-feira (29) e retorna na terça-feira (05). Neste período, o vice-governador Ricardo Ferraço assume o Governo do Estado.

Casagrande vai buscar acordos e estratégias para enfrentamento, mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Entre as pautas, vai anunciar o futuro Programa Capixaba de Carbono e Soluções Baseadas na Natureza durante a COP 28.

“A COP é o maior evento sobre mudanças climáticas e precisamos atingir as metas, a longo prazo, mas é com ações ano a ano que chegaremos lá. O Espírito Santo levará boas ações para mostrar ao mundo e o Consórcio Brasil Verde vai fazer seu papel de articulador, para que possamos angariar recursos para que os projetos regionais saiam do papel ou ganhem escala, como é o caso do nosso Programa Reflorestar, que já tem bons resultados e queremos ampliá-lo. Estamos com bons painéis de debates para que possamos encontrar soluções inovadoras e apresentar os nossos programas de sucesso para o mundo. Este é o momento do Brasil e vamos usar nosso protagonismo no tema”, afirmou Casagrande.

Leia também:   Espírito Santo institui Centro Integrado de Comando e Controle de Arboviroses

O governador, que também é presidente do Consórcio Brasil Verde e representa outros 21 estados brasileiros, vai organizar painéis de debates pelo Consórcio e será participante em outros para apresentar as iniciativas do Governo do Espírito Santo para o enfrentamento às mudanças climáticas, que tem sido referência para os demais entes subnacionais brasileiros. Por meio do Plano Capixaba de Mudanças Climáticas – que é realizado em duas frentes, uma de mitigação, para diminuir o ritmo de aquecimento, e uma segunda frente de adaptação ao aquecimento global –, o Espírito Santo tem se destacado.

Durante a COP 28, será apresentado o Plano Estadual de Descarbonização e Neutralização de Gases de Efeito Estufa e o Programa Capixaba de Carbono e Soluções Baseadas na Natureza (PCSBN). E como ação de adaptação, o Estado do Espírito Santo desenvolveu diversas ações, como melhoria de seus sistemas de monitoramento e alerta, investimentos em infraestrutura hídrica, aquisição de equipamentos de busca e salvamento para o Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo e Defesa Civil. Nesta frente, será desenvolvido o Plano de Adaptação que buscará entender o impacto sinérgico destas medidas na redução do risco.

Leia também:   Governo do ES entrega máquinas e equipamentos agrícolas para 38 municípios capixabas

A comitiva capixaba é formada também pelo secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Felipe Rigoni, e técnicos da secretaria.

Lançamentos durante a COP:

Plano Estadual de Descarbonização e Neutralização de Gases de Efeito Estufa: é um diagnóstico da situação atual do Espírito Santo, incluindo análises do inventário de emissões existente, vocações, potencialidades, limitações e características socioeconômicas do Estado, e a definição de diretrizes globais e estratégias/caminhos tecnológicos a serem empregados, incluindo a visão dos stakeholders envolvidos.

Programa Capixaba de Carbono e Soluções Baseadas na Natureza (PCSBN): vai orientar as ações voltadas para a emissão, validação, verificação, comercialização e registro dos créditos de carbono, visando à redução, à remoção e à captura de gases de efeito estufa (GEE), além do aumento da resiliência climática e à promoção do desenvolvimento sustentável no Espírito Santo.

O novo Programa vai operar de forma integrada com o Programa Reflorestar, o Programa Capixaba de Mudanças Climáticas, o Plano Estadual de Descarbonização e Neutralização de Gases de Efeito Estufa e outros programas, projetos, planos e ações do Governo do Estado que visem à implementação de instrumentos econômicos, que viabilizem a resiliência climática por meio de intervenções sistêmicas, eficientes e adaptadas localmente.

Leia também:   Governo do ES investe na melhoria do leite capixaba com entrega de ensacadoras de forragem

 

Agenda de Casagrande na COP 28

agendas podem sofrer mudanças e novas agendas serão marcadas. Todas as agendas estão no Horário de Dubai.

1º/12 (sexta-feira)
Horário: 10h
Local: Hub Brasil
Tema: Adaptação – O painel visa debater a forma de atuação dos Estados de maneira a minimizar os riscos e aumentar a resiliência das populações mais carentes e comunidades mais vulneráveis.

Horário: 14h30
Local: Hub Iclei América do Sul
Tem: Combate ao desmatamento

03/12 (domingo)
Horário: 17h
Local: Arena CNI COP 28
Tema: Apresentação do Consórcio Brasil Verde e de projetos do Espírito Santo

04/12 (segunda-feira)
Horário:9h
Local: Hub Brasil
Tema: Financiamento Climático – A discussão se concentrará em estratégias para mobilizar financiamento climático e desenvolver um mercado de carbono eficiente e justo.

Foto do destaque:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here