O Departamento Especializado em Narcóticos (Denarc) apreendeu, nesta terça-feira (23), dois quilos de maconha enviados para o Espírito Santo pelo correio. A apreensão foi realizada com apoio da Polícia Judiciária da Força Nacional e da Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios.

“Levantamentos da nossa unidade indicaram esse fluxo de entorpecentes, utilizando o tráfego postal dos Correios para o tráfico de drogas. Com informações aprofundadas em mãos, solicitamos cooperação da Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios, para o rastreio das encomendas suspeitas”, relatou o titular do Denarc, delegado Tarcisio Otoni.

Nesta terça-feira, um pacote suspeito foi interceptado antes de ser entregue em seu destino final, no município de Vila Velha. O entorpecente estava embalado em uma caixa de papelão, dos próprios Correios, que pode ser adquirida em qualquer agência postal. A encomenda partiu de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Dentro da caixa, os policiais encontraram três tabletes de maconha, que totalizam dois quilos.

“O remetente e o destinatário já foram identificados e um inquérito policial foi instaurado para dar continuidade às investigações. Qualquer cidadão pode auxiliar o trabalho da polícia, fazendo denúncias anônimas pelo 181”, orientou o delegado.

Leia também:   Denarc apreende mais quatro quilos de maconha enviados por correio

Texto: Camila Ferreira

Foto: PCES/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here