O mês de novembro traz com ele a campanha de conscientização e prevenção da saúde do homem, no conhecido “Novembro Azul”. A campanha, entretanto, vai muito além do câncer de próstata, ampliando a importância do cuidado de forma integral. Nesse caminho, a Secretaria da Saúde (Sesa) reforça a importância de a população masculina capixaba sobre manter uma rotina de cuidados e prevenção de doenças.

“É imprescindível que este mês seja dedicado à saúde do homem de forma integral, para criar uma rotina de cuidados que comece desde cedo, como prática de atividades físicas, adoção de uma alimentação saudável e o acompanhamento regular com exames de rotina e, desta forma, prevenirmos e diagnosticarmos ainda na fase inicial quaisquer doenças”, ressaltou a referência técnica Estadual da Saúde do Homem, da Secretaria da Saúde (Sesa), Lucimar Ventorin Hamsi.

No Espírito Santo, as principais causas de internação hospitalar de homens com idade de 20 a 59 anos acontecem por causas externas (acidente de trânsito, homicídios etc.), e por doenças do aparelho digestivo e doenças do aparelho circulatório. Em 2023, de janeiro a agosto, foram 10.404 internações por causas externas; 4.815 internações por doenças do aparelho digestivo; e 3.326 internações por doenças do aparelho circulatório. Os dados preliminares são do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS).

Leia também:   Brasil possui 2,8 médicos para cada mil habitantes, aponta CFM

Por fatores culturais, como, por exemplo, o machismo, ou mesmo por falta de informação, muitos homens optam por não conversar sobre a sua saúde. Essa dificuldade em se expor faz com que demorem para realizar exames de rotina, resultando em atraso no diagnóstico de diversas doenças.

“A importância de trabalhar a integralidade requer abordar, principalmente, os cuidados que os homens precisam ter durante toda a vida para seguir saudável e não adoecer, uma vez que estão mais envolvidos nos fatores de risco, como fatores de violências externas, ou de tabagismo, ingestão de álcool, etc.”, pontuou Lucimar Ventorin Hamsi.

Para fortalecer esse objetivo, a Sesa realizará, ao longo deste mês, palestras dedicadas aos profissionais da Atenção Primária à Saúde capixaba, que atuam tanto na Secretaria quanto nos municípios. “Conscientizar os profissionais que trabalham diretamente no atendimento à população se faz um ponto essencial para que possamos ter resultados importantes na saúde do homem”, salientou a referência técnica.

 

Leia também:   Dados da Sesa indicam que pico da dengue já passou no ES

Dados da incidência do câncer de Próstata no Espírito Santo

A iniciativa internacional “Novembro Azul” teve origem na Austrália, no ano de 2003, e foi comemorada no Brasil pela primeira vez em 2008. O movimento tem também como objetivo sensibilizar e conscientizar a população masculina em relação aos cuidados com a saúde e a importância da realização dos exames de prevenção contra o câncer de próstata. O Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata é no dia 17 de novembro.

Embora não seja a principal causa de internação e de óbitos nos homens, o câncer de próstata é, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de maior incidência entre os homens no País.

A estimativa do INCA para 2023 é de 1.740 casos de câncer de próstata no Espírito Santo. Segundo dados do Painel de Oncologia, até a primeira quinzena de outubro de 2023, foram diagnosticados no Estado 581 novos casos do câncer. Em 2022, foram 1.096 novos casos diagnosticados. Em ambos os anos, o câncer de próstata é o segundo principal câncer em homens no Estado, atrás apenas de neoplasias malignas da pele.

Leia também:   Dados da Sesa indicam que pico da dengue já passou no ES

Em relação aos óbitos, com os dados ainda preliminares, o câncer de próstata figura como a sétima principal causa em homens no Estado em 2023, com 251 mortes pela doença. Em 2022, foi a nona principal causa, com 327 mortes. Os dados são do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM).

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. O SUS oferece tratamento em hospitais habilitados em oncologia, incluindo exames clínicos, procedimentos cirúrgicos e tratamentos.

 

Agenda de palestras no “Novembro Azul”

As palestras serão direcionadas aos profissionais da saúde da Sesa e dos municípios, e acontecerão de forma on-line ao longo do mês de novembro:

09/11 – Palestra sobre Política da Saúde do Homem (Ministério da Saúde);

15/11 – Causas Externas (Edleusa Cupertino, referência técnica em Vigilância de Acidentes e Violências da Sesa);

23/11 – Neoplasias (Luiz Fagundes, médico oncologista);

30/11 – Doenças cardiovasculares (Romildo Andrade, médico cardiologista).

Foto do destaque: Reprodução

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here