Por
Wellington Prado
e Claudio Caterinque
Repórteres

Pelo menos até sexta-feira o tempo deve seguir instável com possibilidade de chuva em São Mateus. O fim de semana, como previsto pelos institutos, foi chuvoso.
Em São Mateus, de sábado até as 17h desta segunda-feira (11), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou na estação automática localizada no Bairro Litorâneo o acumulado de 74mm de chuva.

Já a estação do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em Guriri, registrou 66,4mm de chuva no mesmo período.
O Cemaden também mantém estações em outros municípios com influência sobre o Rio Cricaré, que registraram de sábado até as 17h desta segunda os seguintes acumulados: Nova Venécia (55,75) e Barra de São Francisco (40,22 mm), no Espírito Santo, e São Félix de Minas (23,8mm), Mendes Pimentel (20,4mm) e Mantena (41,2mm), em Minas Gerais.

 

CHUVA NAS CABECEIRAS

Toda essa água de chuva que cai no noroeste capixaba e no leste de Minas Gerais desagua no Rio Cricaré e segue para São Mateus.
Conforme o diretor do Saae, Antônio Carlos Luiz de Souza, o Tonyko, a previsão é que, quando chove em volume significativo nas cabeceiras do Cricaré, a expectativa é que essa água demore entre três e quatro dias chegar a São Mateus.

Leia também:   Chuva prevista para todo o Sudeste nesta terça-feira (26)

A expectativa é que essa água ajude a empurrar a cunha salina que avança pelo Rio Cricaré de volta em direção ao Oceano Atlântico, fazendo com que o teor de salinização diminua no ponto de captação do Saae no Bairro Porto.
Quando isso acontece, o abastecimento de água na cidade volta a ficar normalizado, sem risco de falta de água por conta da salinização.

Desde o dia 30 de setembro, após período de estiagem severa, São Mateus passou registrar crise no abastecimento de água potável. Com o líquido faltando em algumas residências, o Saae precisou recorrer a poços artesianos e à captação em pontos mais distantes da Cidade com carros-pipa.

 

Foto do destaque: Weber Andrade/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here