Em mais uma estratégia de mobilização para sensibilizar o Governo Federal para a criação do curso público de Medicina no Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes), o diretor Luiz Antonio Favero Filho colocou a proposta no Programa Brasil Participativo. O mecanismo é uma plataforma eletrônica que recebe propostas e programas de todo o Brasil. Os mais votados serão analisados pelo Governo Federal e poderão constar no Plano Plurianual (PPA).

O diretor do Ceunes explica que o Brasil Participativo proporciona ao Governo Federal a elaboração do PPA com participação da sociedade, seja por meio de conselhos, associações, sindicatos e ONGs, ou de forma direta, pela população, por meio da participação digital.

“O plano plurianual é um documento, previsto na Constituição de 1988, que é elaborado de quatro em quatro anos, sempre no primeiro ano de mandato do presidente. O PPA define metas, diretrizes e programas do Governo. Em 2023, ele será elaborado com apoio aberto da população por meio da plataforma Brasil Participativo. O PPA deve ser entregue aos senadores e deputados no Congresso Nacional até 31 de agosto de 2023, junto à Lei Orçamentária Anual (LOA)” – detalha.

Leia também:   Jaguaré comemora classificação para a segunda fase do Capixabão

O Governo Federal relata que a população pode votar nas propostas e programas até o dia 14 de julho. Os autores das cinco propostas mais votadas serão convidados para o 3º Fórum Interconselhos, em Brasília, que contará com a presença do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ministros.

O diretor Luiz Favero ressalta que esta é a oportunidade de apresentar a proposta de implantação do curso de Medicina no Ceunes diretamente ao Presidente da República e seus ministros. Conforme frisa, o PPA já poderá ser colocado em prática em 2024.

Votação pode potencializar chances, avalia Luiz Favero

Diretor do Ceunes, Luiz Antonio Favero Filho reforça que uma ampla votação em favor da proposta poderá potencializar as chances de implantação do curso público de Medicina em São Mateus.

Ele frisa que o projeto do curso foi protocolado no Ministério da Educação (MEC) pela reitoria da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). “Sobre as tramitações internas, não conseguimos ter acesso aos despachos exarados pelos diferentes setores que já avaliaram a proposta”, salienta.

Leia também:   Carro roubado há quase um ano é recuperado pela PRF no Espírito Santo

Até as 17h desta terça-feira (28), a proposta havia recebido 1.834 votos. Para participar da votação, é necessário ter uma conta cadastrada no gov.br, instrumento acessos os serviços digitais do Governo Federal.

O link da votação é o seguinte: https://brasilparticipativo.presidencia.gov.br/processes/programas/f/2/proposals/4250.

 

Foto: TC Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here