Por
Adilson de Angelo
*

Quinta-feira (22), logo cedinho, já à espera de muitos estudantes do ensino médio que viriam visitar a Universidade, recebi a notícia do trânsito da senhora Iosana Fundão Azevedo.
Entre a imobilidade que nos traz uma notícia dessa e as lágrimas de uma dor estranha, disse para mim mesmo: ela foi minha professora!!!
Sim. Dona Iosana foi minha professora!!!
Foi minha professora no curso de Magistério. Foi minha professora de estágio supervisionado. Foi com ela que aprendi coisas sobre a docência, sobre a arte de ser educador.
Ela foi minha professora!!!
Ainda esta semana, falando aos estudantes da Pedagogia lembrei dos meus tempos do estágio no Magistério, no idos dos anos de 1980, na Escola Américo Silvares. Disse do quanto aprendi com as professoras que atravessaram a minha formação e que marcaram a minha vida como profissional e também como ser humano.
Ela foi minha professora!!!
Uma professora muito alegre, articulada, falava com voz forte e com ternura, gostava de festa, gostava de cantar. Conhecia os seus ex-alunos e alunas, chamando-os pelo nome! Era como se sempre abrisse as portas do seu coração e tirasse de lá de dentro o nosso nome. E o pronunciava como se estivesse fazendo a chamada nas aulas.
Ela foi minha professora!!!
Foi com ela a nossa viagem de fim de curso. Fomos para Salvador. Uma semana bem do jeito dela: uma festa cheia de juventude.
Sou grato por tudo isso.
Hoje, como professor na universidade que forma professores e professoras para a educação básica, me sinto muito comprometido e muito feliz com a minha profissão. E tenho muito motivos para isso, pois, Iosana Fundão…
…foi minha professora!
Grato, grande mestra, por tudo!
Retribuo toda a sua dedicação dizendo, não por soberba, mas por orgulho de ter sido seu discípulo: sou doutor em educação em sua homenagem.

Leia também:   Professor acusado de atirar em cachorro afirma que não falará com ninguém

(*Adilson de Angelo é professor doutor e atua
na Universidade do Estado de Santa Catarina.
)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here