Cinco famílias do Bairro Porto e da Vila Maruim, cujas residências estão em área de risco de deslizamento de terra, foram inseridas em aluguel social, em decorrência do temporal de segunda-feira (27), até o início da manhã desta terça-feira (28). A coordenadora Verônica Otto Drummond de Andrade detalha que três delas foram registradas como desabrigadas e duas como desalojadas.

 

Os deslizamentos ocorreram durante o temporal de segunda-feira. Foto: TC Digital

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 105,8 mm de chuva na estação automática no Bairro Litorâneo, na segunda-feira (27). Verônica disse que a chuva intensa da tarde gerou mais de 20 ocorrências na Defesa Civil, incluindo vários deslizamentos de terra no Porto e no Bairro Maruim. Nesta terça-feira, pela manhã, equipes da Defesa Civil, Secretaria Municipal de Assistência Social e Corpo de Bombeiros estiveram no local.

O Corpo de Bombeiros fez uma análise das áreas de risco nesta terça-feira 28). Foto: Wellington Prado/TC Digital

As três famílias foram registradas como desabrigadas porque não podem mais retornarem para as residências, que têm alto risco de serem atingidas por terra em possível deslizamento, conforme explicou Verônica. Ela acrescenta que as duas famílias desalojadas poderão voltar para as casas, após o tempo firmar.

Leia também:   Criminosos ateiam fogo em ônibus durante os ataques desta sexta-feira em Vitória 
Os deslizamentos na Vila Maruim foram registrados na tarde de segunda-feira 27). Foto: Wellington Prado/TC Digital

Comandante da 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros, major Cristiano Sartório fez  uma análise das áreas de risco no Bairro Porto e na Vila Maruim. Ele ressaltou que apesar dos deslizamentos, cujas terras e lama chegaram a atingir residências, a corporação não registrou resgate de pessoas, em decorrência do temporal de segunda-feira (27).

Vários pontos de deslizamento foram registrados na Vila Maruim. Foto: Wellington Prado/TC Digital

ALAGAMENTOS

“O que aconteceu ontem chuva muito intensa em período muito curto. Teve muitos pontos de alagamento, muitas casas onde chegou água porque ficou acima no nível do meio-fio. Mas, logo a que a chuva cessou voltou a normalidade” – frisou a coordenadora da Defesa Civil, Verônica. Ela acrescenta que os alagamentos ocasionaram danificação em pavimentação no Centro da Cidade, próximo do Mercado Municipal.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here