RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Com gol no fim, o Santos conquistou uma importante vitória ao bater o Flamengo de virada por 2 a 1, nesta quarta-feira (1º), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). O jogo foi válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Santos abre cinco pontos para o Z4 e vai a 37 em 15º lugar. O Flamengo cai para sexto, com 50.

O Flamengo teve dois jogadores expulsos: Gerson, no primeiro tempo, e Bruno Henrique, no fim da partida. Pelo Santos, Lucas Braga também recebeu cartão vermelho quando já havia sido substituído.

Os gols do Santos foram de Nonato (o primeiro dele pelo time) e Joaquim. Pedro fez para o Flamengo.

Na próxima rodada, o Flamengo visita o Fortaleza, domingo, às 16h (de Brasília). Já o Santos joga na segunda-feira, às 21h (de Brasília), contra o Cuiabá na Vila Belmiro.
Pedro não marcava um gol de bola rolando há quatro meses. O último foi em 28 de junho. Os quatro anteriores haviam sido de pênalti. O jogador tem a melhor temporada da carreira, com 30 gols.

O JOGO
O Fla buscava o jogo e o esperava Santos o contra-ataque no início da partida, mas a estratégia que mais levou perigo foi do Peixe. Enquanto os cariocas tinham dificuldade no meio-campo, que parecia perdido, os santistas conseguiram chegar em dois erros do Fla.

Leia também:   Flamengo arranca vitória sobre o Bahia para liderar o Brasileiro

A parte final do primeiro tempo foi animada. O Flamengo seguiu dominando as ações, ocupando o ataque e marcou um gol com Pedro. Entretanto, no melhor momento do Rubro-Negro no jogo, o Santos encaixou uma boa jogada em mais um erro de passe dos cariocas e deixou tudo igual. Para piorar o lado dos comandados de Tite, Gerson ainda acabou expulso após braçada em Furch. O árbitro foi ao VAR e deu o vermelho.

O Flamengo voltou cheio de mudanças no segundo tempo, com Gabigol, Matheuzinho e Victor Hugo. Depois, Tite ainda acionou Rodrigo Caio, que não entrava em campo desde o dia 23 de abril, quando foi acionado já nos últimos instantes do jogo com o Internacional. O Santos encaixou bem a marcação e cadenciou o jogo para administrar o resultado.

O jogo ficou em ritmo lento e com poucas oportunidades, apesar das alterações dos dois lados. O meio-campo do Flamengo, que já estava mal, piorou com um a menos. O Santos não conseguiu fazer bem as transições ofensivas e por isso sofreu mais para levar perigo.
No fim, pesou a uma persistência do Santos, que não teve qualidade para infiltrar e aproveitou os chutes de longa distância. Joaquim mandou uma bomba no canto e virou a partida. Lucas Braga ainda foi expulso no banco de reservas e Bruno Henrique também recebeu o vermelho depois de peitar o árbitro.

Leia também:   Flamengo arranca vitória sobre o Bahia para liderar o Brasileiro

LANCES IMPORTANTES
Fora. Aos cinco minutos, Luiz Araújo errou na saída de bola, Nonato recuperou e carregou. Ele chutou, mas mandou na direita do gol de Rossi.

Uh! Aos 11, Jean Lucas cobrou escanteio, Rossi saiu mal e passou da bola. Joaquim, livre, cabeceou para fora.

A primeira. Aos 16, Arrascaeta aproveitou o espaço e deu bonita bola para Pedro. O atacante dominou, girou e arriscou, mas João Paulo segurou.

1×0. Aos 20 minutos, Arrascaeta cobrou escanteio, Lucas Braga desviou para trás e Pedro finalizou para o gol, abrindo o placar para o Flamengo.

Pancada. Aos 26 minutos, o Fla trocou passes rápidos, Ayrton Lucas recebeu a bola na esquerda, puxou para o meio e bateu forte no travessão.

1×1. Aos 32, Soteldo cobrou falta, Luiz Araújo afastou mal e Geson também não tirou. Jean Lucas desviou e Nonato soltou um chute cruzado sem chances para Rossi.

Vermelho! Aos 39, Gerson deu uma braçada em Furch e inicialmente recebeu o cartão amarelo. O árbitro foi chamado ao VAR e, após revisão, considerou o lance para expulsão.
Salvou! Aos 42 minutos, Luiz Araújo cruzou na área, Pedro cabeceou no canto e João Paulo saltou para tirar com a ponta dos dedos.

Parou. No primeiro minuto do segundo tempo, Matheuzinho passou para Arrascaeta, que devolveu de letra na área. O lateral tentou cruzar para Bruno Henrique, mas João Paulo defendeu.

Leia também:   Flamengo arranca vitória sobre o Bahia para liderar o Brasileiro

Quase. Aos cinco, após bola lançada na área, Furch girou com chute perigoso, Rossi saltou e a bola por pouco não passou por baixo dele.

Fora. Aos 40 minutos, Soteldo limpou dois marcadores e chutou, mas mandou à esquerda de Rossi.

1×2. Aos 43, Joaquim recebeu na intermediária e, livre, soltou uma bomba no canto para virar o jogo.

Ficha técnica
Flamengo 1×2 Santos
FLAMENGO
Rossi; Wesley (Matheuzinho), Fabrício Bruno, Léo Pereira, Ayrton Lucas (Everton Cebolinha); Thiago Maia, Gerson, Arrascaeta (Rodrigo Caio); Luiz Araújo (Victor Hugo), Bruno Henrique (Cebolinha) e Pedro (Gabigol).T.: Tite
SANTOS
João Paulo; Joaquim, Messias, Kevyson; Lucas Braga (João Lucas), Tomás Rincón (Mendoza), Jean Lucas, Rodrigo Fernández (Dodi), Nonato (Maxi Silveira); Soteldo e Julio Furch (Lucas Lima).T.: Marcelo Fernandes
Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Juiz: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR-FIFA/RN)
Cartões amarelos: Gabigol, Bruno Henrique (FLA), Rodrigo Fernández, Lucas Braga (SAN)
Cartões vermelhos: Gerson, Bruno Henrique (FLA), Lucas Braga (SAN)
Gols: Pedro (aos 20 minutos do primeiro tempo) (Flamengo); Nonato (aos 32 minutos do primeiro tempo), Joaquim (aos 43 minutos do segundo tempo)

 

Foto: Raul Baretta / Santos FC

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here