SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O torcedor do Santos, de volta à Vila Belmiro neste domingo (10), precisou ter paciência e esperar até os 46 minutos do segundo tempo para festejar o gol que deu a vitória sobre o Grêmio, por 1 a 0. Wagner Leonardo foi quem definiu o placar.

Além de esperar até a parte final do jogo para comemorar, ainda houve alguns minutos de ansiedade até o árbitro de vídeo confirmar a posição legal do zagueiro santista no momento que ele desviou a bola para o gol. Passado o sufoco, veio a vibração não só pela vitória, mas pelo fato de o time alvinegro conseguir sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Agora com 28 pontos, o Santos aparece na 16ª colocação. O Grêmio, por sua vez, segue na parte vermelha da tabela, em 19º, com 23.

Na próxima rodada, a equipe da Vila Belmiro terá um desafio ainda maior na tentativa de sair da parte de baixo da tabela. Fora de casa, vai encarar o líder Atlético-MG, na quarta-feira (13). No mesmo dia, o Grêmio vai encarar o Fortaleza.

Leia também:   São Paulo vai à Paraíba, e Santos encara o Salgueiro-PE em estreia na Copa do Brasil

Antes de a bola rolar, como tem ocorrido em todos os jogos desta rodada, a equipe de arbitragem fez um protesto em repúdio à agressão sofrida pelo árbitro Rodrigo Crivellaro em partida da Série A2 Campeonato Gaúcho. No campo, árbitro e auxiliares se ajoelharam. Na sala do VAR (árbitro de vídeo), os profissionais exibiram um cartão vermelho.

Crivellaro foi agredido por Willian Ribeiro, que defendia o São Paulo de Rio Grande, durante duelo contra o Guarani de Venâncio Aires, na última segunda-feira (4). O jogador acertou um soco no árbitro, que caiu no gramado. Em seguida, o atleta chutou Crivellaro, que desmaiou.

O juiz foi levado para um hospital, passará por cirurgia e ficará afastado por no mínimo 90 dias. Willian foi desligado do clube, chegou a ser preso em flagrante após a agressão, mas recebeu liberdade provisória e responderá por tentativa de homicídio doloso qualificado.

 

SANTOS

João Paulo; Vinícius Balieiro (Madson), Velázquez, Wagner e Marcos Guilherme (Diego Tardelli); Camacho (Jobson), Vinícius Zanocelo (Felipe Jonatan), Carlos Sánchez e Lucas Braga; Marinho e Léo Baptistão (Gabriel Pirani). Técnico: Fábio Carille.

Leia também:   Santos vence América-MG com dois de Lucas Barbosa e vai à final da Copinha

 

GRÊMIO

Brenno; Vanderson, Ruan, Rodrigues (Ferreira), Kannemann e Rafinha; Thiago Santos, Lucas Silva (Mateus Sarará), Alisson e Douglas Costa (Jean Pyerre); Diego Souza (Churín). Técnico: Felipão.

 

FICHA TÉCNICA

SANTOS 1×0 GRÊMIO

Competição: Campeonato Brasileiro – 25ª rodada

Data: 10/10/2021 (domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Cartões amarelos: Léo Baptistão, Carlos Sánchez, Felipe Jonatan e Diego Tardelli (Santos); Thiago Santos, Lucas Silva, Kannemann, Rafinha, Douglas Costa e Rodrigues (Grêmio)

Cartões vermelhos: Rafinha (Grêmio)

Gols: Wagner, do Santos, aos 47 minutos do 2º tempo.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here