RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – A semana decisiva na Taça Libertadores começou com uma boa notícia para a torcida do Flamengo. O lateral-direito Rafinha e o meia Arrascaeta foram a campo na manhã desta segunda-feira (21), em atividade no CT Ninho do Urubu.

Há a expectativa de que ambos sejam relacionados para o jogo contra o Grêmio, que será realizado na quarta-feira (23), pela semifinal da competição sul-americana. No primeiro encontro, em Porto Alegre, os rivais empataram em 1 a 1 -agora, uma igualdade sem gols classifica a equipe rubro-negra.

O lateral se recupera de uma cirurgia na face, após choque no jogo com o Athletico-PR, pelo Campeonato Brasileiro, e deverá utilizar uma máscara contra os gremistas. Já Arrascaeta recupera-se de um processo cirúrgico no joelho esquerdo, após lesão no primeiro confronto com o Grêmio.

Depois da vitória no clássico com o Fluminense no domingo (20), o técnico Jorge Jesus, no entanto, afirmou não estar certo de que irá contar com a dupla. “São jogadores que ainda não estão em condições de ajudar. Temos pouco tempo, três dias.”

Leia também:   Além de título, Flamengo tenta quebrar 11 recordes no Brasileiro

O português confirmou apenas a presença do lateral-esquerdo Filipe Luís, recuperado de uma lesão no ligamento colateral lateral do joelho esquerdo, sofrida no jogo de ida com os gremistas. “Ele demonstrou que está pronto. Jogou bem e sem problemas. Era esse o teste que queríamos fazer”, apontou o treinador.

Vale lembrar que antes do primeiro jogo com o Internacional, pelas quartas de final da Libertadores, no Maracanã, o Flamengo divulgou uma lista de relacionados sem o atacante Gabriel, que se recuperava de lesão. O jogador, porém, foi para o jogo e ajudou na vitória por 2 a 0, com dois gols de Bruno Henrique.

A ideia foi do próprio Jorge Jesus, visando enganar Odair Hellmann, à época técnico do time colorado. O blefe já era algo comumente praticado pelo treinador português. Na ocasião, Jesus falou sobre o fato de Gabigol não estar na lista de relacionados e afirmou que “valia a pena o risco” de colocá-lo em campo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here