Um homem de 27 anos, suspeito de matar o dentista de São Mateus, Edgleyson Abrao da Silva, foi preso na noite de segunda-feira (27), em operação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A prisão ocorreu no km 102 da BR-101, em Jaguaré. Além do cumprimento do mandado, os policiais apreenderam uma pistola de calibre 380 e munições com o suspeito.

Uma arma foi apreendida com o suspeito. Foto: PRF/Divulgação

“A PRF e a PCES, através do trabalho conjunto de seus setores de inteligência, obtiveram a informação que o homem de 27 anos, detentor de um mandado de prisão temporária pela prática de tal crime, trafegava naquela rodovia pilotando uma motocicleta de cor preta e placas do ES. A PRF então posicionou suas equipes e, na passagem da moto, deu ordem de parada ao indivíduo.” – detalha a PRF.

LEIA TAMBÉM: Polícia Civil afirma que homem preso confessou assassinato do dentista de São Mateus

Após ser devidamente identificado, o suspeito recebeu ordem de prisão e foi encaminhado a 18ª Delegacia Regional de Polícia Civil para as providências do cumprimento do mandado. A PRF não relatou o nome do suspeito e outros detalhes, desta forma não foi possível a Reportagem ouvir a defesa.

Leia também:   Carro roubado há quase um ano é recuperado pela PRF no Espírito Santo

CRIME

Após desaparecimento do dentista, o corpo de Edgleyson foi encontrado no fim da tarde do dia 20 deste mês, em área de restinga, na Ilha de Guriri, em local dentro do território de Conceição da Barra. O carro da vítima foi localizado incendiado, um dia antes, na mesma região.

O caso ganhou repercussão e ato por justiça foi realizado na quarta-feira (22), com um cortejo pela Cidade, com parada defronte ao consultório onde o dentista realizava os atendimentos.

Ato por justiça foi realizado no consultório onde Edgleyson realizava atendimento. Foto: Wellington Prado/TC Digital

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here