Com um empate sem gols diante do Bahia, o Cruzeiro se despediu da temporada 2018 na tarde deste domingo. Apesar de dominar praticamente todo o jogo no estádio do Pituaçu, o time cinco estrelas criou boas oportunidade, mas parou na boa atuação do goleiro adversário. Sassá ainda chegou a acertar um chute na trave.

Com um saldo bastante positivo, a Raposa fecha o ano de 2018 com dois títulos: o do Campeonato Mineiro sobre o maior rival local, em uma grande virada, e o inédito Hexa da Copa do Brasil.

Agora, os atletas entram em período de férias e se reapresentam no dia 3 de janeiro, na Toca da Raposa 2, para o início da pré-temporada 2019.

O jogo

Fazendo boas trocas de passes no começo da partida, o Cruzeiro assustou o time da casa logo aos 5 minutos. Após bom ataque puxado por David e Lucas Silva, Raniel recebeu a bola na esquerda, limpou a jogada, e arriscou forte chute de fora da área. Atento, o goleiro adversário espalmou no canto.

Leia também:   Cruzeiro vence o Vitória com gols de Fred

Aos 8 minutos, nova chance cinco estrelas. Em bela triangulação envolvendo Raniel, Éderson e Sassá, o camisa 99 fintou a zaga e chutou cruzado. Caprichosamente, a bola beijou a trave direita.

O time da casa respondeu aos 14. Léo fez boa jogada na linha de fundo e fez cruzamento perigoso. Rafael, com a ponta dos dedos, conseguiu o desvio, e atrapalhou a finalização de Edigar Júnio, que cabeceou por cima do gol.

A Raposa voltou ao ataque aos 22 minutos. Aproveitando o campo molhado devido ao mau tempo, Lucas Silva foi outro jogador a arriscar um chute de média distância. O arremate rasteiro foi defendido pelo goleiro Anderson.

Dois minutos depois, foi a vez de Raniel exigir outra grande defesa do goleiro do Bahia. O camisa 17 cobrou falta na esquerda, no ângulo, mas parou no arqueiro baiano, que espalmou para escanteio.

Nos minutos finais da primeira etapa, o time estrelado voltou a apertar o adversário. Aos 39 minutos, Ezequiel fez bom cruzamento, a bola sobrou para Raniel que chutou forte, mas a zaga desviou. Foi o último lance mais agudo no 1º tempo.

Leia também:   São Paulo empata com o Grêmio no Morumbi

Na volta para a segunda etapa, os times voltaram em ritmo mais cadenciado. A primeira chance foi azul, aos 15 minutos, em mais um chute de longe dado por Lucas Silva. Rasteira, a bola saiu à direita da meta.

Aos 27 minutos, David descolou grande passe para Sassá. O atacante celeste chutou na saída do goleiro, mas o zagueiro Lucas Fonseca interceptou o chute. No minuto seguinte, David desviou cobrança de escanteio e a bola passou com perigo.

Acelerando o ritmo do jogo, David criou outra grande chance aos 31. O camisa 11 avançou da esquerda para o meio e chutou com potência. A bola bateu em um zagueiro e saiu com perigo para escanteio.

Nos minutos finais, a disputa ficou equilibrada. De destaque, Sidnei Lobo promoveu as entradas de Laércio e Alejandro na equipe. O segundo ficou por cerca de cinco minutos em campo, em sua estreia como profissional.

BAHIA 0 X 0 CRUZEIRO
Motivo
: 38ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 02/12/2018 (domingo)
Local: Estádio do Pituaçu, em Salvador-BA
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Público: 27.776
Renda: R$ 338.691,00
Bahia: Anderson; Flávio, Douglas Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Nilton, Élton e Ramires (Luiz Henrique); Zé Rafael (Vinícius), Edigar Júnio (Cleiton) e Gilberto. Técnico: Enderson Moreira
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Cacá e Patrick Brey; Lucas Romero, Lucas Silva e Éderson; Raniel, David (Alejandro) e Sassá (Laércio). Técnico: Sidnei Lobo
Cartões amarelos: Elton, Flávio, Douglas Grolli, Luiz Henrique (Bahia); Manoel (Cruzeiro)

Leia também:   Santos FC perde para Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro

fonte: cruzeiro.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here