Único representante do Espírito Santo na competição, o surfista Alexandre Escobar está na disputa pelo Uruguay Longboard Festival, válido como primeira etapa do Circuito Sul-Americano da modalidade. As baterias tiveram início nesta quarta-feira (21), nas ondas da Playa Bikini, e seguem até o próximo domingo (25).

Alexandre Escobar é contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), e compete na categoria profissional, em busca de uma vaga no circuito mundial. Há 25 anos, o Uruguai não sediava um evento da World Surf League (WSL) e a competição estreia no calendário da WSL South America como a primeira de Longboard.

O atleta explicou a importância da competição e mostrou empolgação com a primeira disputa da temporada, além de ressaltar o apoio recebido do programa Bolsa Atleta.

Foto: GovernoES/Divulgação

“Esse evento é muito importante para conseguir a vaga no circuito mundial. Fui finalista em um evento internacional sul-americano como esse em 2019 e agora estou buscando minha vaga novamente. Estou muito feliz em estar participando dessa competição aqui no Uruguai, pois é o primeiro evento do ano. Estou feliz com todo suporte dos meus patrocinadores e do Bolsa Atleta”, disse Alexandre Escobar.

Leia também:   Atlético derrota Rosario Central e permanece 100% na Libertadores

No ano passado, o capixaba teve um bom rendimento e se destacou ao conquistar o terceiro lugar no ranking brasileiro de surf na categoria Masculino Pro, terminando a temporada entre os melhores atletas do Brasil na modalidade.

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

Com um investimento de R$ 3,9 milhões, o edital 2024 atingiu o recorde de esportistas de alto rendimento selecionados, com 234 contemplados, 43 a mais do que no edital anterior. Serão pagos aos selecionados 12 parcelas mensais, de acordo com a categoria: estudantil (R$ 500), nacional (R$ 1.500), internacional (R$ 2 mil) e olímpico (R$ 4 mil).

Foto do destaque: GovernoES/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here