Fim de uma era! O goleiro Cássio acertou a sua saída do Corinthians. A definição aconteceu após uma reunião entre o jogador e a direção de futebol corintiana nesta sexta-feira. O goleiro tem um acordo encaminhado para reforçar o Cruzeiro.

“Nesta sexta-feira (17), o Sport Club Corinthians Paulista e o goleiro Cássio chegaram a um acordo amigável para rescisão antecipada do contrato de trabalho que respeitará as obrigações contratuais mutuamente assumidas pelas partes”, anunciou o clube, em comunicado.

Cássio tem 36 anos e tinha vínculo com o Corinthians até dezembro de 2024. No entanto, o desejo do clube era ter o goleiro no elenco até o fim de 2025. Já o Cruzeiro ofereceu um contrato válido por três anos, e a proposta agradou ao jogador, que quer jogar ao menos até os 40 anos.

Com isso, Cássio é o primeiro reforço da gestão de Pedro Lourenço no Cruzeiro e se une a Gabriel Grando, Anderson e Léo Aragão como os goleiros do elenco cruzeirense.

Pelas redes sociais, o Corinthians exaltou a trajetória do goleiro. “Desde sua apresentação, em fevereiro de 2012, foram 4 488 dias. Agora, esse número se transforma na palavra ETERNO. Para TODOS os atuais e futuros corinthianos, o número 12 é, e será GIGANTE na memória do Bando de Loucos. O camisa 12, que disputou setecentos e DOZE jogos pelo Timão. CÁSSIO RAMOS, você escreveu uma linda e vencedora história com o manto alvinegro. Nossa ligação é singular, única. E sempre será.”

Leia também:   Mateense Savinho: “Meu maior sonho agora é conquistar essa Copa América”

OS ÚLTIMOS MOMENTOS DE CÁSSIO NO CORINTHIANS

A escolha de Cássio em deixar o Corinthians foi motivada principalmente pelo desgaste emocional. O último jogo do goleiro como titular ocorreu em 23 de abril, na derrota do alvinegro para o Argentinos Juniors, fora de casa, pela fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Na ocasião, o goleiro comentou as críticas que recebia de parte da torcida e fez forte desabafo sobre o momento que vivia no clube. Após isso, o camisa 12 ficou no banco de reservas das últimas partidas e o goleiro Carlos Miguel assumiu a vaga de titular do time comandado pelo técnico António Oliveira.

O treinador, inclusive, comentou sobre o assunto na entrevista coletiva após a goleada diante do Argentinos Juniors na terça-feira, na Neo Química Arena. “É um grandíssimo goleiro, o maior ídolo da história do clube, e isso não se apaga. Vai ficar gravado nas páginas douradas do clube”, disse o técnico.

Cássio chegou ao Corinthians em 2012, fez 712 jogos pelo time e conquistou nove títulos: o Campeonato Paulista de 2013, 2017, 2018 e 2019, o Campeonato Brasileiro de 2015 e 2017, a Copa Libertadores de 2012, o Mundial de Clubes de 2012 e a Recopa Sul-Americana de 2013.

Leia também:   SÉRIE D: Após derrotas na 7ª rodada, capixabas voltam a enfrentar cariocas nesta quarta
Foto do destaque: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here