O Projeto para as obras de contenção e revitalização da Ladeira do Besouro e seu entorno já está em fase de planilhamento. A próxima etapa é de execução. A proposta é, além de devolver a segurança ao local, impedindo novos deslizamentos e permitindo o retorno dos moradores às residências, potencializar a vocação turística da região, que terá um novo mirante como principal atrativo.

As ações estão sendo acompanhadas pelo prefeito de São Mateus, Daniel Santana, que conferiu a apresentação feita pela Secretaria de Defesa Social dos detalhes do projeto que está sendo elaborado.

“Vamos utilizar o sistema de muro gabião, que tem baixo impacto ambiental, pois mantém o crescimento da vegetação ao seu redor e não utiliza concreto ou argamassa. Ele auxilia na redução da velocidade da água e possui um ótimo custo-benefício” – relata o secretário municipal de Defesa Social, Coronel Carlos Wagner.

Leia também:   Após estreia com vitória no Capixaba Feminino, Harpia se prepara para enfrentar o Vila Nova

Ele acrescenta que, “uma vez restabelecida a estabilidade da encosta, poderemos fazer as outras obras para a revitalização em si, o que inclui, por exemplo, a construção de um novo mirante”.

 

RETORNO DOS MORADORES

Em relação aos prazos para licitação e para execução da obra, o prefeito Daniel Santana determinou o máximo de celeridade, dentro da legalidade e atendendo aos mais rígidos critérios de engenharia.

“Com o término das obras, os proprietários das casas que estão temporariamente interditadas poderão retornar e só assim vamos acabar de vez com o sofrimento dessas pessoas que estão fora de seus lares desde os temporais do final de 2022. E isso só está sendo possível graças à nossa parceria com o governador Renato Casagrande” – enfatiza Daniel.

O valor do investimento para essa fase da intervenção é cerca de R$ 51 milhões, de acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação.

Foto do destaque: Secom-PMSM/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here