BRUNO MADRID

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A 33ª rodada do Campeonato Brasileiro deu uma sobrevida nas chances de título para Flamengo e Grêmio. Os dois venceram seus duelos contra concorrentes diretos e multiplicaram suas porcentagens em relação ao fim de semana. O Botafogo, por outro lado, piorou com nova derrota. O levantamento é do Departamento de Matemática da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

CHANCE DE TÍTULO (ATUAL VS ANTES DA RODADA)
Botafogo: 30% (era de 35,2%)
Red Bull Bragantino: 25,2% (era de 32,3%)
Palmeiras: 19,8% (era de 25,4%)
Grêmio: 18,3% (era de 5,1%)
Flamengo: 6,2% (era de 1,5%)
Atlético-MG: 0,4% (era de 0,4%)
Destaques positivos: Grêmio e Flamengo. Enquanto os gaúchos venceram o ainda líder Botafogo, os cariocas bateram o Palmeiras. Ambos viram as chances aumentarem consideravelmente.
Destaque negativo: Botafogo, que novamente perdeu e pode deixar o topo da tabela já no próximo fim de semana.

RISCO DE REBAIXAMENTO (ATUAL VS ANTES DA RODADA)
América-MG: 100% rebaixado
Coritiba: 99,99% (era de 99,99%)
Goiás: 84,8% (era de 69,1%)
Bahia: 49,7% (era de 31,4%)
Vasco: 32,7% (era de 36,1%)
Cruzeiro: 19,2% (era de 24%)
Corinthians: 7,5% (era de 8,9%)
Santos: 3,9% (era de 21,4%)
Inter: 1,4% (era de 1,8%)
Cuiabá: 0,35% (era de 4,9%)
Destaque positivo: Santos, que derrotou o Goiás e deu um grande passo na luta contra a queda.
Destaques negativos: América-MG, Goiás e Bahia. Os mineiros foram rebaixados, enquanto os outros dois perderam confrontos diretos dentro de seus estádios e estacionaram nos 35 e 37 pontos, respectivamente.

Leia também:   Fluminense e Red Bull Bragantino iniciam caminhada no Brasileirão

CHANCE DE LIBERTADORES (ATUAL VS ANTES DA RODADA)
Palmeiras: 99,88% (era de 99,91%)
Botafogo: 99,85% (era de 99,92%)
Grêmio: 99,76% (era de 97,7%)
Bragantino: 99,59% (era de 99,79%)
Flamengo: 97,1% (era de 85,9%)
Atlético-MG: 86,2% (era de 85,1%)
Athletico: 15,2% (era de 27,7%)
Fortaleza: 2% (era de 3,4%)
Botafogo, Bragantino, Flamengo, Fluminense, São Paulo e Vasco têm uma partida a menos em relação aos concorrentes —já Fortaleza e Cruzeiro realizaram apenas 31 duelos cada.

Foto do destaque: Donaldo Hadlich/Código 19/Folhapress

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here