O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) prevê chuvas esparsas no norte do Estado durante esta semana. Nesta terça-feira (7), espera-se chuvas esparsas também ao longo do dia. Nas demais regiões do Estado, poucas nuvens e sem previsão de chuva. No litoral sul, os ventos variam de fracos a moderados.

De acordo com o Incaper, em São Mateus, há previsão de chuva na madrugada e manhã, com tempo aberto nos demais horários. As temperaturas no Município devem variar entre mínima de 21°C e máxima de 32°C.

Para a quarta-feira (8), o Incaper tem previsão de chuva no início do dia no litoral norte, com tendência de tempo aberto nos demais horários. Nas outras áreas, há previsão de chuvas esparsas ao longo do dia. Poucas nuvens e sem previsão de chuva no restante do Estado, incluindo a Grande Vitória. No litoral sul, os ventos variam de fracos a moderados.

Na noite de domingo para esta segunda-feira, Guriri registrou um expressivo volume de chuvas, de 48,4mm, o que é quase toda a média histórica (60mm) prevista para o mês de maio.
Foto: Tatiana Milanez/TC Digital

Na quinta-feira (9), o Incaper prevê aumento da umidade transportada pelos ventos costeiros em parte do litoral norte. No entanto, o tempo abre nos demais períodos do dia. Nas outras áreas do Espírito Santo, espera-se poucas nuvens e calor, sem previsão de chuva.

Leia também:   Inverno começa nesta quinta e já derruba as temperaturas em São Mateus

Segundo o Instituto, na sexta-feira (10) podem ocorrer chuvas ao longo do dia em toda a metade norte do Espírito Santo, na Grande Vitória e em trechos das regiões sul e serrana mais próximos da costa. Não há expectativa de chuva nas demais áreas do Estado.

 

CHUVAS DE DOMINGO

As chuvas que caíram em São Mateus na noite de domingo para esta segunda-feira (6) tiveram volume de 48,4mm, de acordo com dados do pluviômetro automático do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), instalado em Guriri. O expressivo volume de chuvas registrado no balneário, quase toda a média histórica (60mm) prevista para o mês de maio, deixou diversas ruas e vias alagadas, incluindo na área central do balneário.

 

Partes do ES, Rio, SP e MG terão onda de calor até quinta, aponta Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia apresentou nesta segunda-feira (6), em Brasília, alerta de onda de calor, com previsão de temperaturas 5 graus Celsius acima da média. O aviso vale pelo menos por cinco dias e há, segundo o órgão, risco para a saúde. O próprio Inmet define o grau de severidade do fenômeno como de “grande perigo”.

Leia também:   Inverno começa nesta quinta e já derruba as temperaturas em São Mateus

A onda de calor vai afetar, sobretudo, os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Paraná, incluindo regiões metropolitanas do Rio de Janeiro e de São Paulo, sul e sudoeste de Minas Gerais, Campinas (SP), Bauru (SP), Piracicaba (SP) e centro oriental paranaense.

Outras áreas afetadas listadas pelo Inmet são Itapetininga (SP), Zona da Mata (MG), Ribeirão Preto (SP), região macro metropolitana paulista, Araraquara (SP), sul, noroeste, baixadas e centro do estado do Rio, Vale do Paraíba paulista, sul do Espírito Santo e centro oriental do Paraná.

“Há um sistema de alta pressão nessas áreas, que inibe a formação de nebulosidade e de chuva. Com vários dias sem chuva e um tempo mais aberto, a radiação solar incide mais diretamente na atmosfera, o que acaba elevando as temperaturas” – explica a meteorologista do Inmet Dayse Morais.

A onda de calor já afetava, desde o fim de abril, municípios do Mato Grosso do Sul, sul do Mato Grosso e de Goiás, oeste de São Paulo, noroeste do Paraná e triângulo mineiro.

Leia também:   Inverno começa nesta quinta e já derruba as temperaturas em São Mateus

No início de maio, o fenômeno se deslocou para o leste, atingindo outras áreas da região Sudeste. A previsão era que a situação perdurasse até domingo (5), mas o Inmet decidiu prorrogar o alerta até quinta-feira (9) para algumas áreas.

Segundo o Ministério da Saúde, é importante tomar alguns cuidados para evitar danos à saúde, como evitar exposição direta ao sol das 10h às 16h, usar roupas leves que não retenham muito calor, aumentar a ingestão de água e fazer refeições leves. No site do ministério, é possível ver outras orientações.

Foto do destaque: Tatiana Milanez/TC Digital

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here