O Centro de Referência das Juventudes (CRJ) de São Mateus, realiza nesta sexta-feira o evento Só para Elas. De acordo com a integrante do Movimento Belas no Município, Flaviane Lopes, a programação é para celebrar o Mês da Mulher.

Ela detalha que as participantes serão recebidas com café da manhã, às 9h. Também na programação estão incluídos diversos serviços de estética como sobrancelhas, escova, depilação e trança. O Ônibus Rosa, do Juizado Itinerante da Lei Maria da Penha, projeto do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), chegou em São Mateus na tarde desta quinta-feira para participar do Só para Elas. Os atendimentos estão previstos para o período de 9h às 15h.

O Ônibus Rosa chegou em São Mateus na tarde de ontem.
Foto: Divulgação

A programação também traz apresentação de dança, rodas de conversa sobre saúde da mulher e violência contra a mulher e sobre as profissões das mulheres, apresentação da banda feminina do CRJ, mostra de profissões.

Também serão realizadas atualizações e novos cadastros no CadÚnico, no período de 9h às 15h. “O CRJ daqui [de São Mateus] está uma potência. Temos dois laboratórios de potencialidades capixabas audiovisual e estética” – comentou Flaviane.

Leia também:   Defesa de Daniel entrará com recurso no TSE sobre tramitação de processo e aponta decisão favorável do STF

O projeto é realizado pela Secretaria Estadual de Direitos em parceria com a Prefeitura de São Mateus e o TJES.

 

ÔNIBUS ROSA

O Ônibus Rosa é adaptado para atender às necessidades técnicas do Judiciário relativas à violência doméstica. Dentro dele há cinco salas, uma para a equipe multidisciplinar, onde psicólogos e assistentes sociais prestam atendimento a mulheres vítimas de violência ou a seus familiares; a sala do Ministério Público; outra para a Defensoria Pública; a sala de audiência –onde o juiz ouve as partes e interroga vítimas, acusados e testemunhas– e o cartório do Juizado Itinerante da Lei Maria da Penha.

O projeto foi concebido por meio de parceria entre os governos Federal e Estadual, Ministério Público e Defensoria Pública. O Juizado Itinerante percorre municípios e conta com a presença de um juiz de Direito e membro do Ministério Público e da Defensoria Pública Estadual. (Com informações do TJES)

Foto do destaque: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here