Eleita vereadora em Pinheiros com 349 votos, Janete Akisaski está feliz e agradecida com a vitória e tem definida a fórmula para exercer o mandato: “Quero fazer diferente, tanto que meu lema é coragem para fazer diferente”.

No sentido de fazer diferente, Janete afirma que não atuará apenas no gabinete, mas estará nas ruas ouvindo os anseios da população. Para tanto, estuda colocar pontos de apoio do mandato dela nas comunidades.

Como manifestou durante a campanha, a vereadora eleita adianta que o mandato será voltado para a juventude pinheirense, incluindo a luta por projetos que viabilizem o primeiro emprego. “Depois vem a educação que a gente precisa trabalhar a qualidade e que precisa ser valorizada”, sustenta.

Janete Akisaski recebe os votos com emoção e o sentimento de que a campanha foi realizada com os pés no chão priorizando as visitas às comunidades, o que para ela fez a diferença na eleição. Avalia que os pinheirenses reconheceram o trabalho de 16 anos dela desempenhados como diretora na Escola Nossa Senhora de Lourdes.

Leia também:   Homem morto em tiroteio em bairro de Conceição da Barra

“Vou fazer de tudo para prestar meu trabalho com ética, profissionalismo, voltado para a nossa população. O que eu puder fazer para ter Pinheiros melhor, farei” – pontua. Janete parabenizou os vereadores, prefeito e vice-prefeito eleitos e diz que a relação dela com o Executivo será com ética, votando a favor dos projetos que avaliar como benéficos para a população. Afirma também que será contra o que entender não trazer benefícios ao interesse do povo.

Mãe de dois filhos, Janete tem 57 anos e é casada com o vereador por quatro mandatos Robson Fernandes e Silva, o Fernando da Dona Preta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here