SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Na madrugada desta quarta-feira (18), a delegação do Vasco desembarcou em Manaus, onde foi recebida por centenas de fãs, que comemoraram a chegada do time carioca. O clube cruzmaltino enfrenta o Guarani nesta quinta-feira (19), às 21h30, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo, que tem mando do time paulista, inicialmente aconteceria em Campinas (SP), mas o estádio Brinco de Ouro (SP) passa por reformas no gramado e o clube paulista aceitou a proposta de transferir a partida para a Arena da Amazônia (AM), que já vendeu mais de 30 mil ingressos. A atitude, inclusive, rendeu protestos formais do Bahia e do Sport na CBF. Os clubes nordestinos alegaram que ocorrerá um desequilíbrio técnico, já que o Vasco praticamente jogará em casa com o apoio maciço dos torcedores.

Após vencer o Bahia por 1 a 0 e ter resultados favoráveis na rodada anterior, o clube carioca ingressou no G4 da competição. O elenco vascaíno busca defender o bom retrospecto histórico na Arena da Amazônia para manter a posição na tabela.

Leia também:   Seleção brasileira mantém liderança do ranking de seleções da Fifa

Desde 2014, quando o estádio foi inaugurado, o Vasco jogou oito partidas na Arena, das quais venceu três e empatou três -as únicas duas derrotas do time foram em torneio Amistoso em 2015.

O Guarani, por sua vez, busca defender a vantagem histórica como mandante de campo contra o clube cruzmaltino. Foram 21 jogos, nos quais o Guarani soma 11 vitórias e quatro empates. O time de Campinas abre o Z4 da Série B, na 17º posição, com apenas uma vitória em sete jogos, e entra em campo lutando para diminuir as chances de rebaixamento.

Sem técnico desde a demissão de Daniel Paulista, no dia 4, o Guarani anunciou nesta quarta-feira a contratação de Marcelo Chamusca como comandante -ele já foi técnico do time campinense em 2016, no acesso da Série C para a Série B. Ele estará na Arena da Amazônica nesta quinta-feira, mas ainda não poderá liderar o Guarani, que continuará sob comando interino de Ben-Hur Moreira.

Moreira não poderá contar com o zagueiro João Victor e os volantes Eduardo Person e Rodrigo Andrade, que estão no Departamento Médico. Em compensação, o volante Leandro Vilela e o lateral-direito Diogo Mateus retornam após cumprirem suspensão. Uma provável escalação inicial do Guarani tem: Kozlinski; Diogo Mateus, Ernando, Ronaldo Alves e Matheus Pereira; Madison, Leandro Vilela e Giovanni Augusto; Júlio César, Bruno José e Nicolas Careca.

Leia também:   Nova Venécia goleia o Aster e encosta na liderança do Grupo B da Copa ES

O Vasco, por sua vez, não poderá contar com Nenê e Yuri Lara, que receberam terceiro cartão amarelo e estão suspensos. Já o lateral Gabriel Dias, que foi substituído na partida com o Bahia após sentir o joelho direito, viajou com o time carioca, e não deve ser problema para o técnico Zé Ricardo.

Uma provável escalação inicial do time carioca tem: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias, Quintero, Anderson Conceição e Riquelme; Zé Gabriel (Juninho ou Matheus Barbosa), Andrey e Bruno Nazário (Palacios); Gabriel Pec, Figueiredo e Raniel.

Estádio: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Horário: Às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira (19)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Transmissão: Premiere

 

Foto do destaque: Thiago Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here