O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Ufes aprovou em sessão extraordinária na quinta-feira (4) a reformulação do calendário acadêmico de 2024 em consequência de greve realizada pelos servidores docentes e técnicos-administrativos. O retorno das atividades acadêmicas ocorrerá na próxima segunda-feira (8).

A Ufes detalhou que o período letivo, interrompido pela greve, será finalizado em 1º de outubro, com a semana de provas finais nos dias 2 a 8. O recesso acadêmico ocorrerá de 9 a 20 de outubro, quando começa novo período.

De acordo com a instituição, o reajuste de matrícula, com a possibilidade de oferta de novas disciplinas pelos departamentos, e matrícula ou cancelamento de disciplinas pelos estudantes, acontecerá no período de 8 a 25 de julho. Excepcionalmente, será aberto um período de cancelamento de disciplinas nos dias 23 e 24 de setembro.

Já o segundo semestre letivo de 2024 terá início no dia 21 de outubro e prosseguirá até 25 de março de 2025, com um período de recesso acadêmico e férias docentes entre os dias 23 de dezembro e 21 de janeiro de 2025. Dessa forma, o período de provas finais do semestre será de 26 de março a 1º de abril de 2025.

“Essa medida visa favorecer estudantes que não tenham sido dispensados de determinadas disciplinas durante a greve, mas que não puderam frequentá-las regularmente. Dessa forma, ele pode decidir começar a frequentar a partir do dia oito de julho e, caso ocorra algum problema, ele terá a possibilidade de cancelar, sem ser prejudicado com a redução do coeficiente” – explica a pró-reitora de Graduação, Cláudia Gontijo.

Outra medida, adotada em caráter excepcional em relação ao primeiro semestre de 2024, será a não exigência de frequência dos estudantes às aulas dos cursos de graduação.

A Ufes relata que o reitor Eustáquio de Castro, que presidiu a sessão, afirmou que questões específicas que não estejam pontuadas na resolução que regulamenta a reformulação do calendário acadêmico, poderão ser tratadas diretamente entre estudante e professores ou pelos departamentos dos cursos, “seguindo o princípio da razoabilidade”. (Com informações da Secretaria de Comunicação da Ufes).

Foto do destaque: Ufes/Divulgação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here