O governador Renato Casagrande se manifestou na manhã desta sexta-feira sobre a votação na Câmara dos Deputados marcada para as 17h, após a reunião de líderes, que pode definir o futuro do deputado federal Daniel Silveira. Casagrande disse, numa rede social, que, independentemente do resultado da votação, se o deputado carioca ficará preso ou não, “o STF e a Câmara dos Deputados caminham em direção a um basta ao desequilíbrio”.

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress.

Fala-se que a tendência é que a ampla maioria dos deputados evite um confronto institucional e confirme a decisão do STF. Alguns líderes partidários chegam a calcular cerca de 400 votos -mais que os 257 necessários- pela manutenção da prisão de Silveira.

“A necessidade do respeito ao mandato parlamentar mostra que as instituições podem e devem ser questionadas, mas com sensatez; e dá um sinal claro de que não tolerará ataques ao sistema democrático”, frisa o governador capixaba.

Silveira foi preso em flagrante na noite de terça (16) por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF. A decisão foi confirmada na quarta (17) pelo plenário da corte.

Leia também:   MPES recomenda prefeituras a impor multas a cidadão que descumprir medidas sanitárias

A Constituição prevê que a Câmara se manifestará sobre a prisão de deputados. Assim, cabe ao plenário da casa legislativa decidir se a medida aplicada a Silveira será mantida ou rejeitada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here