CAMILA MATTOSO
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O Ministério da Saúde vai começar a vacinar em “caráter excepcional” nesta quarta-feira (12) 1.814 atletas, integrantes das comissões técnicas e colaboradores que vão para o Japão disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Em nota técnica assinada pela coordenação do Programa Nacional de Imunização, o ministério informou que 3.628 doses da vacina Pfizer serão utilizadas com intervalo de 21 dias entre a 1ª e a 2º aplicação.

“Ratifica-se que a oferta das doses de vacinas Covid-19 aos atletas e credenciados da delegação brasileira para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 não trará prejuízos ao seguimento da Campanha Nacional de Vacinação”, diz a nota.

As doses foram doadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e, como contrapartida ao Sistema Único de Saúde, a cada atleta vacinado dois brasileiros receberão o imunizante.
A vacinação vai ser realizada em seis capitais: Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Brasília (DF).

Ainda segundo a nota técnica, a decisão de aplicar os imunizantes nos atletas se deu devido a relevância dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, as barreiras sanitárias entre os países e a preocupação sobre novas variantes.

Leia também:   Perto de atingir 500 mil mortes por Covid, Brasil bate recorde com mais de 98 mil novos casos em 24 h

 

Foto do destaque: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here