Frio na barriga, tremedeira, uma verdadeira “pilha de nervos”. Essas foram as sensações relatadas por Sarah do Carmo Brisson, de 16 anos, moradora do Bairro Boa Vista. Ela foi a única mateense classificada para uma das 25 bolsas do Programa de Intercâmbio Sedu 2019, da Secretaria Estadual da Educação, na modalidade High School. Estudante do 1º ano do ensino médio da Escola Viva Marita Motta Santos, em entrevista à Rede TC na tarde desta terça-feira, horas depois de a Sedu apresentar o resultado do processo seletivo, após análise dos recursos, Sarah disse que está realizando um sonho de estudar no exterior.

É um passo a mais que ela dá também na direção de outro objetivo, que é ser médica. “Estava esperando o resultado muito ansiosa. Comecei a tremer quando me deram a notícia. Abracei todo mundo na escola” – disse a estudante, que recebeu com festa o resultado preliminar, apresentado pela Sedu no dia 30 de agosto. No entanto, ainda faltava a confirmação, após a análise dos recursos. “Ai meu Deus! Sabia dar certo!” – comemorou.

Leia também:   Bandido ameaça mulher e rouba dinheiro em Guriri

Além de Sarah, outros cinco mateenses foram classificados no processo seletivo, no entanto, na modalidade Intensivo Inglês. São eles: Giullia dos Santos Assis Alves, Gabriella Castro Silva, Lucas Manoel Rios de Lima, Nathan da Silva Patrocínio e Raquel dos Santos Alves. De acordo com a assessoria de comunicação da Sedu, os cândidos classificados devem ficar atentos ao e-mail e telefone informados na inscrição, canais pelos quais serão contatos para novas orientações.

Em todo o Estado, foram distribuídas 150 vagas para os destinos Canadá, Inglaterra, Chile e Estados Unidos da América, sendo 25 bolsas na modalidade High School, 115 na modalidade Curso Intensivo Inglês e outras 10 na modalidade Curso Intensivo de Espanhol, sendo esta última com vagas apenas para Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha.
Leia também: Estudos na escola, no CEI e em casa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here