O Município de São Mateus teve saldo de 453 vagas de emprego criadas em outubro. Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Governo Federal, o destaque foi a indústria, na qual São Mateus registra mais da metade dos postos de trabalho com carteira assinada no décimo mês do ano no Espírito Santo.

No geral, somando todos os setores, o Município registrou 1.456 admissões e 1.003 desligamentos, resultado no saldo positivo de 453 novos empregos criados. Essa quantidade corresponde a 13,23% de todas as vagas geradas no Espírito Santo, de um total de 3.424 postos de trabalho criados no Estado em outubro.

INDÚSTRIA

Em outubro São Mateus registrou 517 admissões e 229 desligamentos, levando ao saldo de 288 postos de trabalho criados no mês no setor industrial. Para efeito de comparação, em todo o Estado foi registrado saldo de 503 novas vagas, resultado de 6.718 admissões e 6.215 desligamentos. Sendo assim, as indústrias mateenses geraram 57,25% do total de novas vagas de empregos no Espírito Santo neste setor.

 

OUTROS SETORES

Em São Mateus, outros três setores tiveram saldo positivo na geração de empregos no mês de outubro, segundo o Caged. São eles: comércio (113), serviços (84) e agropecuária (16). O único setor que registrou retração foi o da construção civil, que vinha de uma série de crescimento deste o início do ano. Em outubro foram perdidas 48 vagas de emprego na construção civil em São Mateus.

O Espírito Santo teve saldo positivo na geração de novas vagas em todos os demais setores: serviços (1.403), comércio (1.259), construção (194) e agropecuária (65).

 

Desempenho é destaque no Estado

O desempenho do setor industrial no mês de outubro em São Mateus foi superior ao de outros municípios capixabas de mesmo porte populacional e até mais populosos.

Enquanto São Mateus teve saldo positivo de 288 novas vagas de emprego no mês, Vila Velha, por exemplo, o segundo mais populoso do Estado, gerou 145 novos postos de trabalho neste setor no período observado.

Os demais municípios capixabas de maiores populações tiveram desempenhos ainda menores: Linhares (129), Aracruz (94), Cariacica (39), Serra (37), Viana (30), Vitória (10). Além disso, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim fecharam postos de trabalho no setor industrial em outubro, com retrações 49 e 114 vagas fechadas, respectivamente.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here