A ES Gás vai investir R$100 milhões no Espírito Santo em 2024, como parte do Plano de Aceleração da Companhia, após a privatização e aquisição pelo Grupo Energisa. Os investimentos, montante 95% superior ao ano anterior, serão aplicados na ampliação e na distribuição de gás natural para residências, estabelecimentos comerciais, indústrias e postos de combustíveis. São Mateus está entre os municípios contemplados com o investimento.

O anúncio foi feito em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (26) com a presença do governador Renato Casagrande; do diretor-presidente da ES Gás, Fábio Bertollo; e do vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço.

“Foi fundamental privatizar a ES Gás para termos essa ampliação no desenvolvimento e termos o gás como vetor para a transição energética rumo a descarbonização é um de nossos desejos. Queremos que todos os instrumentos para nosso desenvolvimento sejam potencializados nessa década, pois começamos a ter redução dos nossos incentivos. Ter uma rede que usa o gás natural, e em breve o GNV e o biometano, é uma infraestrutura que nos agrada e vai ser fundamental para nosso desenvolvimento. A ES Gás tem atualmente 82 mil clientes, sendo 100 industriais e o restante clientes residenciais – afirma o governador Casagrande.

Leia também:   Polícia Militar recupera moto roubada em São Mateus

 

Mais 400 postos de trabalho

Ricardo Ferraço destaca que os resultados positivos da privatização da Companhia permitiram a aceleração dos investimentos. “Quando a ES GÁS foi privatizada, foi apresentado à agência reguladora um plano de investimentos para cinco anos e o compromisso de investir R$ 260 milhões neste período. Hoje a empresa anunciou aportes de R$ 100 milhões em 12 meses, antecipando os investimentos e gerando empregos e oportunidades. São até 400 novas oportunidades de trabalho” – pontua

 

Ferraço enfatiza processo de descarbonização

O vice-governador Ferraço salienta que o investimento da ES Gás permitirá a disponibilidade de gás, que é a primeira fase do processo de descarbonização, da transição energética para consumo das pessoas, das famílias e também para as nossas indústrias que dependem do gás para serem competitivas como geração de energia.

“Quando o Grupo Energisa chegou ao Espírito Santo, nos comprometemos a trabalhar com planejamentos detalhados e a propor planos de aceleração de investimentos ao órgão regulador e ao governo do estado. Com o atual Plano de Aceleração, estamos materializando esse compromisso, com vistas a tornar o estado um hub competitivo para o consumo de gás” – declara o diretor-presidente da ES Gás, Fábio Bertollo.

Leia também:   Carreta tomba na BR-101 no Espírito Santo

 

Plano de Aceleração

O Governo do Estado explicou que a expansão ocorrerá em diversos municípios, com destaque para Guarapari, que será o 14º município a receber gás natural no Espírito Santo. Outras cidades contempladas serão Linhares, São Mateus e a Região Metropolitana da Grande Vitória. No total, serão construídos 58 km de rede, o que representa 12.741 novos clientes beneficiados, um acréscimo de 83% ante o registrado no ano anterior. Em média, a ES Gás ligará mais de 1.000 novos clientes por mês.

Outra frente de investimento prevista no Plano de Aceleração é a ampliação do consumo de GNV (gás natural veicular) em veículos leves e pesados. “Além do benefício ao motorista, que conta com um combustível competitivo, a ampliação do GNV contribui, decisivamente, para a descarbonização, uma vez que diminui em 20% a emissão de CO² e 90% de materiais particulados” – acrescenta nota do Governo do Estado.

 

Acelerar desenvolvimento

“O compromisso da ES Gás é contribuir para acelerar o desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo através da ampliação da distribuição de gás natural gerando alternativa e maior competitividade para todos os consumidores: para os clientes residenciais, oferecendo melhor qualidade de vida, segurança e comodidade; para os clientes comerciais e industriais, gerando mais rentabilidade e um serviço de maior qualidade; além do reforço do sistema para sustentar o crescimento do consumo de gás natural e de biometano, viabilizando a transição energética das indústrias” – ressalta o diretor-presidente da ES Gás, Fábio Bertollo.

Leia também:   Dom Aldo tem melhora no estado de saúde

A ES Gás atuará, ainda, na melhoria da qualidade do serviço prestado, com a revitalização dos ativos, a reestruturação da infraestrutura de apoio operacional, a digitalização e a segurança da informação.

 

Grandes Números

-R$ 100 milhões em investimentos em 2024

-Mais 58 km de rede de distribuição

-Mais 12.700 clientes ligados, totalizando 95 mil clientes atendidos

-Entrada em Guarapari, que será o 14º município atendido pela ES Gás

-Geração de 100 empregos diretos e mais de 300 indiretos

 

Foto: Helio Filho/Secom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here