A Prefeitura realizou nesta semana a segunda etapa para a implantação do Centro de Referência das Juventudes em São Mateus com uma reunião de apresentação do projeto no Bairro Ayrton Senna. O projeto está sendo colocado em prática no Município por meio de parceria com o Governo do Estado.

“Os coletivos chegaram junto e mostraram que estão muito a fim de ver o Centro de Referência das Juventudes de São Mateus funcionando o quanto antes” – frisou o secretário de Comunicação, Júnior Eler, em mensagem à Rede TC.

Ele detalha que a reunião de apresentação aconteceu na Estação Cidadania do Bairro Ayrton Senna na noite de terça-feira com as presenças de representantes das áreas de esportes e artes, cadeirantes, LGBTQ+, entre outros.

Foto: Secom PMSM/Divulgação

“O evento, realizado com todos os cuidados para evitar aglomeração e respeitando os protocolos de segurança sanitária, foi conduzido pelas representantes da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, a assessora especial de Gabinete Raiana Rangel, a gerente estadual de Juventude Fabrícia Barbosa e a consultora BID/SEDH Marialina Côgo Antolini, além do secretário municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Jasson Barcelos, subsecretário da pasta Pyu David e a secretária municipal de Assistência Social Marinalva Broedel”.

Leia também:   Secretaria de Assistência Social aciona a Polícia Civil contra possíveis vendas de casas no Bairro Aroeira

 

JUVENTUDE

Durante a reunião, Jasson Barcelos lembrou dos esforços do prefeito Daniel Santana em colocar em prática políticas públicas para a juventude, principalmente as que atendam o público da periferia. “Na gestão Daniel Santana a nossa juventude é ouvida e tem vez. Nós dialogamos muito com esse público”.

Para Fabrícia Barbosa, o diálogo com as juventudes é fundamental para o sucesso do projeto. “Precisamos conhecer a realidade do território, para que o Centro consiga de fato atender as demandas das juventudes em sua diversidade”.

“O Programa Estado Presente tem essa perspectiva de atuação local, de estar dentro dos territórios. E os Centros de Referência das Juventudes, que está inserido no eixo de proteção social do programa, trabalham na busca de garantia de direitos para essas juventudes” – destacou Raiana Rangel.

 

Foto do destaque: Secom PMSM/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here