Com a chegada do Inverno e a queda nas temperaturas que já tem sido percebida nos últimos dias, é comum a mudança de alguns hábitos no dia a dia, em especial na rotina familiar. As roupas comuns em tempos de calor dão lugar aos agasalhos e até as refeições, como as saladas, são substituídas pelas opções servidas quentes, como sopas, e até mais calóricas.

Para a mateense Raysa Araújo, o segredo para aproveitar bem os dias e noites mais frias é reunir todo mundo ao redor da mesa para uma refeição apetitosa ou mesmo no sofá embaixo do cobertor. Logo, a estação mais fria do ano acaba por auxiliar em uma maior aproximação entre os membros da família.

Raysa Araújo: “Tenho a sensação que o frio deixa os dias mais tranquilos”.
Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

“Gosto do Inverno. Particularmente, tenho a sensação de que o frio deixa os dias mais tranquilos. Parece que o dia dá uma desacelerada. As baixas temperaturas remetem muito mais ao acolhimento, ao agrupamento. Então, geralmente, a gente costuma assisti filme juntos, todo mundo grudado no sofá debaixo de uma cobertinha comendo uma pipoquinha. Esse tempo de qualidade é importante, não que nós não os tenhamos, mas no frio remete muito mais para esse descanso, relaxamento” – afirma a auxiliar administrativa.

“Não tem erro! Juntar a família ao redor de uma mesa para tomar um caldo, um chocolate quente, já faz parte dos dias mais frios. Parece que a gente acaba aproveitando tudo um pouco mais” – reforça.

Raysa é mãe do João Pedro, de 14 anos, da Maria Luiza, de 9, e da Helena, de 1 ano e 10 meses. Ela detalha que no frio o cuidado é dobrado com os filhos, em especial os menores. “O cuidado é maior com as crianças. A roupa é mais quente, coloco meias nos pés e evito choque térmico. Nada de terminar o banho quente e sair no vento. Isso é receita dos mais antigos, mas eu costumo utilizar aqui em casa e geralmente dá certo” – frisa.

 

“A noite já está esfriando”

Moradora de Pedro Canário, Viviane de Souza Nascimento foi ouvida pela Rede TC de Comunicações na manhã desta quarta-feira (19) no Centro de São Mateus. Ela afirmou que, mesmo antes de começar o Inverno, percebeu que as noites já estão mais frias. Ela e o filho Gabriel, de 8 anos, saíram cedinho da cidade canariense para um compromisso em São Mateus e tiveram que se agasalhar para enfrentar as primeiras horas da manhã com temperaturas mais baixas que o habitual.

Viviane de Souza afirma que gosta muito do clima que o Inverno proporciona. “Para mim, é o melhor tempo que tem. Prefiro o frio do que o calor”.

Ela detalha que opta por aproveitar o frio em casa. “Gosto mais de ficar no meu cantinho, quentinha, com o chazinho quente. Os programas de família nesse tempo são mais reservados” – enfatiza.

Viviane e o filho Gabriel agasalhados para enfrentar as primeiras horas da manhã do último dia de Outono em São Mateus.
Foto do destaque: Tatiana Milanez/TC Digital

De acordo com Viviane, a estação pede roupas mais quentinhas, como as blusas com mangas longas, casacos e calças. “Hora de usar o cobertor. Mas o calor humano, da família mais reunida em casa, também conta muito” – salienta.

A funcionária pública pontua que em Pedro Canário o clima está oscilando. “Durante o dia, continua mais quente, mas à noite, já está esfriando. Com o meu filho, dobro o cuidado. Para dormir, coloco meia, calça, casaco porque às vezes o cobertor cai e, então, a roupa mais quente é para evitar um resfriado porque nesse tempo as crianças ‘gripam’ muito” – frisa.

Foto do destaque: TC Digital/Arquivo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here