SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Rodrigo Guimarães, 36, é o vencedor da terceira temporada do Mestre do Sabor (Globo) e receberá R$ 250 mil como prêmio. O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira (22) após uma disputa acirrada com Pedro Barbosa, 26, na grande final do reality show culinário.

Natural do Rio de Janeiro, o chef fez parte do time de Rafa Costa e Silva na primeira fase da competição. Ele havia sido selecionado para a atração após chamar a atenção com um arroz meloso com rapadura e barriga de porco.

Na primeira parte da final, os quatro finalistas (além de Rodrigo e Pedro, Cadu Moura e Danilo Takigawa também estavam na disputa) tinham que preparar um menu completo, com entrada, prato principal e sobremesa, usando como ingrediente obrigatório a mandioca. Antes de começar, eles foram surpreendidos com a presença dos participantes eliminados, que voltaram para ajudá-los na prova.

Após sortear a ordem, eles tiveram que escolher quem queriam em seus times (confira abaixo como ficaram). E, então, passaram a preparar os pratos que precisavam impressionar os técnicos, já sabendo que os dois melhores avançariam e os dois piores deixariam a competição.

Leia também:   Ingresso do Rock in Rio custa R$ 545; veja a programação já divulgada

Nesse momento, os menus de Rodrigo (“União Faz a Força”) e Pedro (“Raízes”) foram eleitos os melhores. O primeiro tinha como entrada um dadinho de mandioca com feijão-preto e pescado curado, enquanto o segundo teve como prato principal uma mandioca laqueada com caldo de frango.

Já Cadu e Danilo foram eliminados, após seus menus serem considerado aquém dos realizados pelos colegas. Chamavam a atenção, no primeiro, uma tortilla de mandioca com vinagrete de lula e, no segundo, uma macaxeira em texturas com lagostim e consomê.

Na última prova da temporada, os chefs tiveram uma hora para executar um prato com acém, fígado ou costela de boi, no qual também precisavam usar pelo menos um dos seguintes ingredientes: coco, jabuticaba, jiló ou maracujá.

Tanto Rodrigo quanto Pedro decidiram usar o fígado como proteína. Porém, enquanto o primeiro optou por fazer um fígado acebolado com mil-folhas de couve e jiló, o segundo preparou uma cebola recheada com patê de fígado e vinagrete de jabuticaba.

Apesar de o programa ter sido gravado, a final teve a última parte realizada ao vivo. Nela, foi mostrada a finalização dos pratos dos finalistas e o teste-cego dos técnicos. Após deliberarem, eles escolheram o prato de Rodrigo como o melhor da noite, sagrando-o campeão da temporada.

Leia também:   Projeto propõe bancar 50% do preço do gás de cozinha para famílias de baixa renda

 

CONFIRA COM QUEM CADA FINALISTA TRABALHOU NA PRIMEIRA PROVA DA NOITE

Time Cadu Moura: Carol Francelino, Bruna Martins, Ana Gabi e Matheus Almeida
Time Danilo Takigawa: Diogo Sabião, Vitória Gasques, Ana Carolina e Leninha Camargo
Time Pedro Barbosa: Aline Guedes , Leo Modesto e Rafa Ramos
Time Rodrigo Guimarães: Ju Lima, Pedro Franco e Bia Pimentel

 

Foto do destaque: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here