Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS – Estadão Conteúdo

A retenção de líquidos nada mais é do que o acúmulo de água em excesso dentro dos tecidos. Ela acontece quando um ou mais fatores interferem nos mecanismos que controlam a entrada e a saída destes fluídos da célula, e provoca o inchaço em áreas específicas ou até mesmo no corpo todo.

A retenção ocorre, principalmente, pelo excesso de consumo de sal, de produtos industrializados e de álcool, além do sedentarismo e de ficar sentado por muito tempo. O uso de determinados remédios também pode interferir na capacidade dos vasos de impedir a saída de água.

“Para saber se houve um aumento de volume em algumas regiões, basta reparar se surgiram marcas de roupas pelo corpo, dos sapatos, das meias ou da calça. Também é possível pressionar a pele com o próprio dedo para ver se surge algum sulco. Se você encontrar uma marca, é porque seu corpo está retendo líquido”, afirma Monica Marques, sócia e diretora técnica da Cia Athletica.

Além destes sintomas, a especialista também aponta que é possível observar uma sensação de peso onde ocorre a retenção, um leve desconforto e um aumento no brilho da pele. Algumas pessoas ainda sentem que a retenção de líquido engorda, porque, de fato, há um acúmulo de água que causa aumento de peso.

A retenção de líquido é mais comum nas mulheres em razão das alterações hormonais, seja no período pré-menstrual, na menopausa ou na gravidez.

Aumentar a ingestão de água e chás, reduzir o consumo de alimentos ricos em sódio, priorizar os alimentos naturais e fazer atividade física regularmente são excelentes aliados no combate à retenção de líquido.

 

Foto do destaque: GovernoES/Divulgação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here