No quinto mês de gestação, uma mulher presenciou o esposo ser assassinado a tiro de espingarda, no quintal de casa, na Paulista, zona rural de São Mateus. A Polícia Militar registrou o crime na noite de quarta-feira (30). Um suspeito foi detido e uma caminhonete com placa e chassi adulterados foi apreendida.

Os militares já encontraram a vítima sem vida e identificaram sendo um jovem de 21 anos, com as iniciais do nome sendo E.B.P. À PM, a esposa relatou que estava sentada com o marido no quintal, quando criminosos saíram de uma mata, mandando que ficassem parados. O rapaz tentou correr, mas foi baleado com um tiro de espingarda calibre 12.

De acordo com a PM, a mulher tinha reconhecido a voz de um dos envolvidos. Os militares foram informados e estiveram na residência dele. O suspeito afirmou que estava na casa há mais de três horas.

Mas os policiais encontraram na casa do suspeito uma caminhonete L200 Mitsubishi, com a placa e chassi adulterados.  Sendo assim, o homem de 38 anos foi detido e conduzido para a delegacia da Polícia Civil, assim como o veículo e a testemunha.

Leia também:   Em novo recorde, São Mateus registra 86 infectados de coronavírus em 24 horas

Os militares salientam que a esposa passou mal ao chegar na delegacia e foi encaminhada para atendimento médico no Hospital Maternidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here