Presidente licenciado do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Mateus (Sindserv), Herikson Locatelli disse que a pré-candidatura a prefeito de São Mateus pelo Partido Verde (PV) está mantida. Ele adiantou que o lançamento será sábado (29), às 9h, na Câmara de Vereadores. “Nós vamos convidar todas as forças políticas. A nossa visão é de amplitude, de uma frente partidária” – detalha. Na ocasião, os pré-candidatos do partido ao Legislativo também serão apresentados.

Herikson mantém a pré-candidatura a prefeito pelo PV e diz dialogar pelo consenso dentro da Federação Partidária com o PCdoB e PT. Foto: Divulgação

O PV integra a federação com PT e PCdoB, grupamento partidário que pode lançar apenas uma candidatura majoritária no Município. Na sexta-feira (21), o Partido dos Trabalhadores lançou a pré-candidatura da educadora Zenilza Pauli. O PCdoB chegou a apresentar Eguinaldo Andrade, que afirmou já ter retirado a pré-candidatura dele.

Com isso, Herikson Locatelli frisou que a federação ainda não chegou a um consenso sobre o nome para a disputa a prefeito, mas que não há rivalidade com Zenilza.

O pré-candidato do PV entende que a decisão sobre o nome da Federação deve ser definida pelos agentes municipais dos partidos. Ele acrescenta a visão de uma construção de candidatura com diálogo, com muita percepção do que a sociedade pensa dos partidos e dos nomes que estão sendo colocados.

Leia também:   ELEIÇÕES 2024 - Sete partidos realizam convenções neste sábado em São Mateus

“A gente precisa ter não só maturidade política, mas sensatez, sobretudo para poder entender o contexto do Partido dos Trabalhadores dentro das últimas administrações” – sustenta.

Reforçando que não há rivalidade, manifesta que manterá as conversas com os partidos e, se o consenso não levar ao nome dele, pode até entrar na disputa por uma vaga no Legislativo.

Contudo, adianta que os próximos passos são buscar alianças, conversar com a população, incluindo as comunidades quilombolas, na qual aponta ter boa relação. Herikson disse que tem perfil de centro-esquerda, mas que mantém boa relação com pessoas da direita, incluindo outros pré-candidatos.

Eguinaldo retira candidatura

 Presidente municipal do PCdoB, Eguinaldo Andrade disse que retirou a pré-candidatura “porque o partido entende que o cenário não aponta a possibilidade de sucesso da Federação”. No entanto, frisa que é mantida conversa com o PT e o PV e, caso eles optem por uma candidatura majoritária da Federação, o PCdoB não vai se opor.

Eguinaldo disse que se a Federação optar por uma candidatura majoritária, o PCdoB não vai se opor. Foto: Wellington Prado/TC Digital

 

 

Leia também:   União Brasil lança no sábado a pré-candidatura de Paulo Fundão

Foto de destaque: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here