Jaguaré – Um levantamento das propostas e relato das principais dificuldades enfrentadas pelo setor produtivo de café do norte capixaba será enviado ainda neste mês para o Ministério da Agricultura em Brasília. De acordo com o administrar do Sindicato Rural de Jaguaré, Elder Sossai, o documento atende a um pedido feito pela própria ministra, Tereza Cristina, que demonstrou interesse em conhecer e entender o setor cafeeiro capixaba.

Para formular as propostas, foi realizado nessa quarta-feira, na sede do Sindicato Rural de Jaguaré, uma reunião com produtores rurais do Município, que contou com a participação do secretário de Meio Ambiente, Luciano Laquini de Ataíde, de representantes dos Sindicatos Rurais de São Mateus e Sooretama e do Incaper.

Segundo Elder Sossai, a reunião foi convocada e conduzida pelo produtor rural jaguarense Silvano Bizzi, que é o vice-presidente da Comissão Nacional do Café, entidade da Confederação Nacional da Agricultura. Ele disse que o documento, que deverá ser anexado a propostas de outros municípios, será enviado para análise do corpo técnico do Ministério da Agricultura.

Leia também:   Bloco faz homenagem a Neném Preta e Dona Lilá no Carnaval de Guriri

Conforme o Sindicato Rural, as principais sugestões estão relacionadas a renegociação de dívidas dos produtores rurais, garantia de preço mínimo do café e de compra da safra, além de investimentos em pesquisa, marketing e tecnologia, crédito bancário com taxas mais baixas, seguro agrícola e outros assuntos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here