Após exame de corpo de delito, em decorrência dos delitos cometidos, três presos serão conduzidos para o Complexo Penitenciário Nelson Hungria e um para o Presídio Inspetor José Marinho Drumond

11.jpg
Foto: Polícia Federal/Divulgação

Belo Horizonte/MG. A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira, 22/3, quatro brasileiros que desembarcaram no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte de voo de deportados dos Estados Unidos da América.

Um dos procurados, hoje com 34 anos, natural de Belo Horizonte/MG, possui mandado de prisão preventiva pela prática de homicídio tentado, cometido na cidade de Ipaba/MG em 15/12/2013.

O segundo foragido, com 51 anos, é natural de Governador Valadares, teve a Difusão Vermelha publicada em 7 de agosto de 2023 com base em mandado de prisão preventiva exarado pelo Juízo da 1ª Vara Cível, Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Inhapim/MG. Entre janeiro e julho de 2014, por diversas vezes, o autor abusou sexualmente a vizinha de 14 anos.

Natural de Ipatinga/MG, o terceiro fugitivo fora sentenciado a 1 ano de reclusão pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Ipatinga e teve sua Difusão Vermelha da Interpol publicada em novembro de 2022 pelo Núcleo de Cooperação Internacional da Polícia Federal – NCI em Minas Gerais. Hoje com 34 anos de idade, o preso era proprietário de estabelecimento comercial e foi condenado pelo delito de receptação qualificada, pela venda de produtos que sabia ser de origem ilícita.

Esses três foragidos foram detidos em solo americano pela ICE – U.S. Immigration and Customs Enforcement, que é a autoridade de Imigração dos EUA, por estarem em desacordo com as normas migratórias daquele país e presos hoje ao desembarcarem em território brasileiro.

O quarto detido, de 24 anos, natural de Rive – Distrito ES, possui contra ele mandado de prisão em aberto, expedido pelo Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Governador Valadares, pelo crime de homicídio, pelo qual foi condenado a 6 anos de reclusão. Ele foi identificado ao chegar na imigração brasileira.

Após exame de corpo de delito, em decorrência dos delitos cometidos, três presos serão conduzidos para o Complexo Penitenciário Nelson Hungria e um para o Presídio Inspetor José Marinho Drumond, onde ficarão à disposição da Justiça.

(Comunicação Social da PF)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here