A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Venécia encerrou a investigação sobre a mulher de 50 anos encontrada desacordada no telhado de uma residência no bairro Altoé, em Nova Venécia, no dia 4 de janeiro deste ano.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Espírito Santo, a investigação apontou que a mulher se jogou da janela da residência do segundo andar, vindo a cair sobre o telhado do primeiro andar. “Portanto, não há crime relacionado ao fato”, enfatiza.  O levantamento teve início assim que o caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil.

“Determinei que a equipe da Deam realizasse um levantamento inicial, por meio de Verificação de Procedência da Informação, que nada mais é do que verificar os dados iniciais relacionados ao fato, antes mesmo da instauração do Inquérito Policial. Após a coleta de informações, incluindo declarações da suposta vítima, ficou claramente constatado que não houve crime, a mulher se jogou da janela sozinha, vindo a se machucar” – relatou o delegado Wilian Dobrovosk, respondendo da Deam de Nova Venécia.

Leia também:   Com cadela farejadora, PM apreende maconha, cocaína e crack no Bairro Colina  

“Na ocasião do fato, ela estava na casa da filha e se aproximou da janela com o intuito de se jogar. Ao perceber que a mãe estava alcançando a janela, a filha, grávida de 7 meses, a conteve, segurando pela blusa, o que amorteceu, mas não evitou a queda. A mulher acabou se chocando contra o telhado e precisou ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros” – detalha a PCES.

Com a constatação, o caso foi encerrado e encaminhado para apreciação do Ministério Público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here