São Paulo/SP. A Polícia Federal cumpriu na manhã de hoje, 17/11, 15 mandados de busca e apreensão para coibir organização criminosa que importava e vendia vapes, essências e acessórios na cidade de São Paulo, através de lojas virtuais e físicas.

Foram apreendidos 2.906 vapes, 858 essências, 389 acessórios de vapes, além de R$ 81.400,00 em espécie.

Foto: Polícia Federal/Divulgação

Quatro pessoas foram presas em flagrante e responderão por contrabando. A Justiça Federal decidirá sobre o pedido de conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva, quando não há prazo para liberação.

Com embalagem tecnológica atraente e promessa de ser menos prejudicial, o cigarro eletrônico, na verdade, é um grande vilão. Classificado como um “Dispositivo Eletrônico para Fumar (DEF)”, incluindo cachimbos e charutos eletrônicos, ele oferece riscos graves à saúde, podendo causar dependência e as mesmas doenças provocadas pelo cigarro tradicional, como câncer, enfisema pulmonar e bronquite.

Comercialização e propagandas deste produto já são proibidas desde 2009, no Brasil, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).(Comunicação Social da Polícia Federal)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here