Além de utilizar roupas adequadas à estação, estar em ambientes ventilados e dobrar os cuidados de higiene, a pediatra Vania Maurício Lisboa David recomenda atualizar as vacinas contra as doenças mais comuns no Inverno. Ela destaca que os imunizantes estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS) e em clínicas privadas e são importantes para reforçar as defesas no organismo das crianças.

“Uma dica importante para todas as estações é a seguinte: lavar as mãos, principalmente ao chegar em casa. Isso ajuda muito a evitar que passemos doenças para as crianças. Além disso, é muito importante manter a vacinação em dia. A influenza para prevenir a gripe e as vacinas contra pneumonia” – reforça.

Para a médica pediatra Vania Maurício Lisboa David é primordial manter a vacinação em dia em especial contra as doenças mais comuns no inverno como gripe e pneumonia.
Foto: Divulgação

Vânia explica que o frio, na verdade, não é o principal causador de doenças respiratórias, embora elas sejam mais frequentes no Inverno. “Essas alterações, e o principal fator pelo qual elas acontecem, é que há uma maior circulação dos vírus que desencadeiam e favorecem ou até pioram as doenças alérgicas pré-existentes. Além disso, por não termos as estações bem definidas aqui no Espírito Santo, com mudanças climáticas frequentes, um dia quente e o outo frio, ventos fortes e sem vento no dia seguinte. Isso é muito ruim para quem tem alergia” – observa.

De acordo com a pediatra, outro fator que propicia a evolução de problemas respiratórios e gripais nesse período é o uso das roupas que ficam muito tempo guardadas e são utilizadas sem terem sido lavadas ou levadas ao Sol antes do uso. “A poeira e o cheiro forte podem desencadear as crises de alergia já previamente existentes” – salienta.

Vania Lisboa é médica desde 2000 com formação em Vitória e especialização em Pediatria Geral. Também se especializou em Medicina Intensiva Pediátrica pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Ela reside em São Mateus desde 2007.

Foto do destaque: Marcelo Camargo/Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here