A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio do 6º Distrito Policial de Vila Velha, concluiu o inquérito policial que apurava um crime ocorrido no dia 12 de dezembro do ano passado, quando um homem depositou um preservativo dentro da bolsa de uma mulher que aguardava em um ponto de ônibus no bairro Jardim Guadalajara, em Vila Velha. O homem, de 34 anos, foi indiciado pelo crime de importunação sexual.

 

A vítima, ao constatar a presença do aludido preservativo em sua bolsa, o retratou, buscou as imagens produzidas por câmeras de videomonitoramento que serviram de base para identificação do indivíduo e registrou um boletim de ocorrência para que a investigação fosse iniciada.

Foto: PCES/Divulgação

A partir da ampla divulgação das imagens, o administrador da empresa de segurança privada na qual o indiciado trabalhava, assistindo aos vídeos, suspeitou que o uniforme utilizado pelo infrator fosse o de sua empresa. Ele então apresentou o vídeo a outros funcionários, que nele reconheceram o indiciado.

 

Diante dessa constatação, o administrador chamou o indiciado para uma conversa em meio a qual este confirmou que de fato encontrava-se no local no qual se deram os fatos. O indivíduo foi desligado da empresa.

 

Depois que seu advogado analisou o conteúdo, o indiciado optou pelo silêncio.

 

Após a finalização das diligências e oitivas, a autoridade policial concluiu que o indivíduo agiu impulsionado pelo propósito de satisfazer seus prazeres sexuais. O caso foi remetido à Justiça, que poderá, ou não, deliberar pela necessidade de que o autor seja preso. Demais informações devem ser solicitadas ao Poder Judiciário.

Texto: Matheus Foletto

(Assessoria de Comunicação Polícia Civil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here