Esta terça-feira (9) foi dia de dobradinha no atletismo brasileiro. Nas provas de 100m, realizadas no Estádio San Paolo, os atletas Paulo André e Rodrigo do Nascimento conquistaram ouro e bronze, respectivamente.

O recorde da vida do atleta Paulo André é 10s02 e na prova desta terça ele fez 10s10. Já Rodrigo fez a prova em 10s32. Os dois atletas são campeões mundiais de revezamento 4x100m com a equipe brasileira.

Para o campeão a atmosfera dessa competição vai prepara-lo para o Pan. “Me senti à vontade, pois essa é uma competição muito forte. Estou muito feliz. Sempre quero melhorar meu tempo, mas estou feliz. O trabalho tem sido feito e agora é seguir paras as próximas e continuar trazendo alegrias pro Brasil”, conta Paulo, também feliz com a dobradinha de medalhas ao lado do amigo, Rodrigo.

Rodrigo do Nascimento ficou satisfeito com a medalha, mas não com seu resultado. “Temos que dar valor porque é uma competição forte, mundial. Mas, confesso que estou insatisfeito com meu resultado. Gostei da corrida, mas infelizmente eu estava um pouco preso. Agora quero treinar para me soltar, porque o objetivo é o Pan. Estamos no pódio, na dobradinha, mas queríamos ouro e prata. Quero melhorar minha marca e me esforçar para ganhar as provas”, comenta Rodrigo que ainda fará as provas de 200m e revezamento.

Leia também:   Mourão faz mea-culpa sobre queimadas e anuncia 'recado pequeno' ao Vaticano

Confira como foi o dia no atletismo:

Durante a manhã Juliana Campos, fez qualificação de salto com vara, e mesmo tendo que pegar uma vara emprestada, já que a sua ficou perdida no aeroporto de Lisboa, conseguiu ficar em primeiro lugar e se classificar para a final, que acontece quinta, 11.

O atleta Alison dos Santos, nos 400m com barreiras, também se classificou para semifinal, que acontece amanhã, 10.

No fim da tarde, aconteceu semifinal dos 400m com barreiras feminino. Marlene dos Santos fez uma prova forte para chegar entre as três primeiras de sua série, mas infelizmente não conseguiu avançar.

Nos 100m feminino, Vitória Rosa, que estava entre as duas primeiras de sua série, chegou em quinto, com 11s41.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here