A festa do Palmeiras, campeão brasileiro neste domingo com uma rodada de antecedência, não terá fim. Mas um novo encontro da torcida com o elenco campeão já tem data e hora marcada: será neste domingo (25), no jogo da última rodada contra o já rebaixado Vitória, às 17h, na Arena Palmeiras, em São Paulo. E logo nas primeiras horas desta segunda-feira, a pré-venda do clube já registrava 17.000 ingressos vendidos de forma antecipada para sócios. Essa ‘molesinha’ para os sócios termina às 18h desta quarta-feira (28), conforme o Departamento de Comunicação do Palmeiras.

A festa dos palmeirenses começou após o apito final em São Januário na tarde de domingo. Com a vitória sobre o Vasco por 1 a 0, o Palmeiras leva vantagem, inalcançável, de quatro pontos para a última rodada. A comemoração, que começou no gramado, foi levada pelos jogadores para o setor de entrevistas, onde o técnico, maior colecionador de títulos do Brasil, recebeu um banho de água, refrigerante e energético, dos jogadores mais animados.

A festa dos palmeirenses começou após o apito final em São Januário na tarde de domingo, com a vitória de 1 a 0 sobre os vascaínos, o que rendeu o título antecipado do Brasileirão. -Foto: Cesar Greco-Palmeiras/Divulgação

ELENCO DE QUALIDADE

Leia também:   São Paulo perde para a Chape na Arena Condá

Time bom ganha jogos, elenco de qualidade conquista campeonato. Com esse entendimento, o Palmeiras, além de campeão brasileiro, ainda teve participação destacada na Libertadores (semifinal), Copa do Brasil (semifinal) e Campeonato Paulista (final). “Ter onze jogadores titulares de nível garante boas vitórias ao longo do ano, mas ser campeão no Brasil, com competições simultâneas durante toda a temporada, requer um elenco qualificado” – relata em editorial o Departamento de Comunicação do clube.

“Até o momento, o grupo alviverde atuou 76 vezes em 2018, incluindo os três amistosos na América Central durante a pausa para a Copa do Mundo. Ao final do Brasileirão, terão sido 77 partidas. A última vez que o Palmeiras entrara tanto em campo havia sido em 2000 (92 duelos), quando levantou a taça do Torneio Rio-São Paulo, foi semifinalista do Paulista, finalista da Libertadores e Mercosul e campeão da Copa dos Campeões, além de ter disputado a Copa do Brasil e o Brasileirão (à época chamado de Copa João Havelange)” – relembra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here