Policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus e militares do 13ª Batalhão da Policia Militar do Espírito Santo (PMES) prenderam, no fim da tarde desse sábado (03), dois suspeitos, de 23 e 26 anos, investigados por assassinar Jailson Alcino, de 24 anos. O homicídio ocorreu na madrugada do mesmo dia, no bairro Seac, em São Mateus.

 

Após tomar conhecimento do homicídio, as equipes de policiais civis e militares realizaram levantamentos para colher informações para qualificar, identificar e prender os autores do crime.

 

Na madrugada desse sábado (03), por volta das 05h, a vítima estaria em um bar, onde ocorria um baile funk e teve um desentendimento com um homem. Segundo apurado, a vítima, supostamente, teria passado a mão nas partes íntimas da companheira do homem com quem teve o desentendimento.

 

Após a discussão, a vítima teria ido para a esquina do bar. Nesse momento, chegou uma segunda pessoa, um homem de 30 anos, abraçou o suspeito, que seguiram em direção da vítima. Quando se aproximaram da vítima, realizaram disparos contra ela.

 

Logo em seguida, outros comparsas dos dois suspeitos também se aproximaram da vítima, que já estava caída no chão, e passaram a efetuar mais disparos, alvejando-a com mais de 30 disparos.

 

Segundo os levantamentos da equipe de policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus e militares do 13ª Batalhão da Policia Militar, os suspeitos de envolvimento no homicídio são os responsáveis pela venda de drogas no bairro Seac.

 

Diante das informações preliminares, as equipes realizaram diligências ininterruptamente no bairro, onde localizaram e prenderam o suspeito de 23 anos. Ao ser indagado sobre o crime que vitimou Jailson, ele afirmou à equipe que estava na festa no local onde ocorreu o crime e que sabia que um homem, de 26 anos, estava com a arma usada no crime.

 

Em continuidade às diligências, já no bairro Rodocon, em São Mateus, a equipe localizou o suspeito, de 26 anos. Ele foi localizado do lado de fora da residência e, ao avistar a viatura, tentou empreender fuga para dentro do imóvel, mas foi detido.

 

Durante a busca pessoal no bolso dele, foi apreendido um pedaço de maconha e, dentro de sua mochila, um revólver calibre .38, com quatro munições intactas. O suspeito, de 26 anos, foi indagado sobre a arma e relatou que teria guardado para o suspeito de 23 anos.

 

Diligências foram realizadas para localizar e prender o investigado de 30 anos, mas com a movimentação da equipe policial, ele empreendeu fuga.

 

Diante do flagrante, foram encaminhados os materiais apreendidos e os detidos ao plantão da 18ª Delegacia Regional de São Mateus, para serem adotadas as medidas cabíveis pela autoridade policial.

 

Os dois detidos, de 23 e 26 anos, foram autuados em flagrante por homicídio qualificado e foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Mateus. A arma apreendida durante a ocorrência será encaminhada para o Departamento de Balística, juntamente com as munições.

 

O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus.

 

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Foto: Polícia Civil/Divulgação
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here