São Mateus – Os novos inspetores do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-ES) de São Mateus tomaram posse na tarde desta terça-feira (5) para mandato até 31 de dezembro de 2020. A solenidade aconteceu na sede da Inspetoria do Crea, no Bairro Sernamby.

De acordo com o consultor técnico do Crea, Luís Fiorotti, os inspetores de São Mateus foram designados pela presidente estadual da entidade Lucia Vilarinho na última plenária, ocorrida em 22 de janeiro. “É uma atividade voluntária e um cargo honorífico, ou seja, os inspetores não são remunerados para o exercício das funções. Eles têm a responsabilidade de representar o Crea junto à comunidade e melhorar a eficiência da atuação da instituição em defesa do exercício profissional e da sociedade” – diz Fiorotti.

Foram empossados o engenheiro eletricista Roger Pestana como inspetor-chefe e os engenheiros Bruno Souza da Silva (civil e técnico em automação industrial), Denes Ricardo Zon Filho (Mecânico e segurança do trabalho), Ludmila Santos Viana (civil e técnica em edificações), Marcos Roberto Salvador (civil), Zuliani Pessanha (eletrotécnico), Swamy Negris de Barcellos (eletricista e segurança do trabalho) e Thiago Lima Vignatti (agrônomo).

Lúcia Vilarinho foi representada na cerimônia pelo vice-presidente, o engenheiro civil Ricardo Guariento, que fez breve apresentação sobre a atuação do Crea no Espírito Santo.

COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Ruim com o CREA…… imagina sem seu o Conselho……precisa de muitos ajustes, para isso a cada 3 anos, precisamos escolher os Representantes certos ….tanto nos CREAS e no CONFEA.

  2. Sou da Bahia, eletrotécnico com CREA, estou com a anuidade em atraso por está desempregado, faço uma pergunta o que a entidade pensa a respeito dessa situação, fico sem força. Parabéns senhores pela interação procurando a melhorias.

  3. Que vergonha este CREA, pelo valor cobrado pelas taxas de ART e anuidades deveriam haver inspetores em todo Brasil pagos com salários dignos, e o conselho ajudando os engenheiros, as ART só servem para incriminar os engenheiros que fazem um trabalho correto embora as decisões sobre as coisas são tomadas pelos senhores do capitalismo que não passam pelo crivo técnico, vejo o exemplo de Brumadinho, o presidente da Vale deveria estar preso e não os engenheiros, se fosse outro conselho, tal como OAB, CRM, o negócio seria outro.

  4. Precisa é acabar este cabidão que efetivamente não serve para nada além de cobrar por metro cúbico de ar respirado. Se acha que não tenho razão e estiver disposto a ouvir me liga que te passo meus argumentos. #foraCREA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here