SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O cantor Mumuzinho, 37, que estreou na semana passada como jurado do The Voice + (Globo), afirmou que o sua primeira experiência no programa o fez lembrar de sua própria trajetória. “Eu me vi nesse palco. Quanta gente me ajudou, a Regina Casé, o Alexandre Pires, que deu oportunidade de participar pela primeira vez de um DVD quando ninguém me conhecia”, afirma.

Mumuzinho já havia substituído Claudia Leitte no The Voice Kids (Globo) no ano passado, após uma pausa devido à pandemia do novo coronavírus, mas agora assume, na nova versão do programa, o posto definitivo, ao lado de Daniel, Ludmilla e Claudia Leitte. Juntos, eles escolherão as melhores vozes, não infantis, mas entre candidatos acima dos 60 anos.

“A única diferença são as câmeras. Esse palco existe no Brasil todo, é um dos palcos de oportunidades. Quantos festivais, bares, restaurantes, lugares legais tem por aí que as pessoas passam, mas, muitas vezes, não tem ninguém analisando”, diz Mumuzinho. “Os técnicos são o público que está assistindo.”

Segundo ele, a emoção e a verdade do reality é a grande magia por trás da franquia The Voice. “Não tem encenação. A gente chora, a gente ri”, afirma Mumuzinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here