Policiais civis da 4ª Delegacia Regional (DR) de Cariacica prenderam, em flagrante, um indivíduo de 39 anos, depois que a ex-esposa dele entrou na delegacia pedindo socorro desesperada, na noite dessa terça-feira (10). A prisão ocorreu em frente à unidade policial, que fica no bairro Rio Branco, em Cariacica.

Por volta das dez horas da noite dessa terça, uma mulher de 32 anos entrou na Delegacia correndo, pedindo por socorro, pois estava sendo perseguida pelo ex-marido. A mulher alegou que está em um novo relacionamento e estava no carro do atual namorado quando percebeu a chegada do ex, a bordo de uma motocicleta.

Ela relatou aos policiais que o ex se aproximou e começou a bater no carro com o capacete. O namorado, então, se dirigiu com o carro para a delegacia, mas o ex perseguiu o casal, fazendo ameaças e dando chutes e golpes com o capacete. Em frente à Delegacia, ele continuou as agressões com mais intensidade, quebrando todos os vidros do carro e ameaçando a vítima e o namorado.

Leia também:   Estádio Kleber Andrade vai receber torneio internacional de futebol Sub-20

Assim que a mulher relatou o fato, policiais que atuavam no plantão foram até a rua, onde se depararam com o suspeito descontrolado, dando golpes de capacete no carro e tentando agredir o namorado da ex-esposa. Os policiais deram voz de prisão, mas o homem não obedeceu e teve que ser contido à força.

Com a situação controlada, a equipe do plantão pôde conversar com mais calma com a vítima. Ela relatou que teve um relacionamento de cinco anos com o agressor, com quem tem um filho de três anos, e estão separados desde fevereiro deste ano, quando ela decidiu romper por não aguentar mais ser maltratada e agredida. Ela contou ainda que desde o segundo ano de relacionamento passou a ser agredida verbal e fisicamente, mas nunca teve coragem de denunciar. Ela disse ainda que dessa vez teve medo de ser morta por ele.

O homem foi preso e a motocicleta dele, aprendida. No baú da moto, os policiais encontraram 92 caixas de cigarros provenientes do Paraguai e com venda proibida fora do país. “Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de lesão corporal na forma da Lei Maria da Penha, dano ao patrimônio e posse de mercadoria proibida, sendo encaminhado ao Centro de Triagem de Viana”, informou o delegado plantonista da 4ª DR, José Mansur.

Leia também:   Últimos dias para os municípios inseridos na bacia do Rio Doce se inscrevem no Edital de Segurança Hídrica

 

Texto: Camila Ferreira

Foto do destaque: PCES/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here