A Polícia Rodoviária Federal acompanhou na manhã deste sábado (1º), um manifesto organizado por um grupo de motociclistas do estado do Espírito Santo.

Há três semanas, o grupo solicitou o apoio da PRF para a realização de uma manifestação pacífica e ordeira, com objetivo de solicitar a duplicação da BR 101 norte, bem como, conscientizar motoristas de veículos sobre os altos índices de acidentes de trânsito que acabam vitimando motociclistas.

A principal motivação do ato foi em razão do acidente ocorrido com o médico anestesista Marcelo Nicoletti, no dia 19 de março deste ano.

Durante a concentração do evento, diversas máscaras e frascos de de álcool foram distribuídos para a proteção dos participantes. Cerca de 300 veículos, sendo a maioria motocicletas, participaram do ato em forma de carreata.

O deslocamento teve início às 9h, na praça do Papa, em direção a praça de pedágio no km 244 da BR-101 norte. Em seguida, um pequeno grupo, junto com os familiares do médico, foram ao local do acidente para afixar uma cruz. A carreata acabou por volta do meio-dia.

Leia também:   Eco101 propõe tirar do projeto de duplicação 25km do trecho em área de reserva

Os manifestantes destacaram a importância do ato neste primeiro dia do mês de maio, que é dedicado à conscientização da segurança no trânsito, marcado pela campanha Maio Amarelo, cujo objetivo é chamar a atenção da sociedade para os altos índices de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Este ano o tema utilizado é “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”, para trazer a reflexão sobre atitudes de respeito e responsabilidade nos mais diversos ambientes de convivência e, principalmente, no trânsito.

Fotos de divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here