Por

Alex Rodrigues

Agência Brasil

A um dia do fim do Inverno e do início oficial da Primavera, parte da população brasileira se vê às voltas com temperaturas elevadas e clima extremamente seco, enquanto uma outra parcela está em alerta para o potencial perigo de chuvas fortes.

Em um comunicado divulgado ontem em Brasília, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) chamava a atenção para o grande perigo de ocorrência de incêndios florestais por causa da baixa umidade relativa do ar registrada em 461 cidades do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins.

Segundo o Inmet, ao menos até o fim de terça-feira, nestas regiões, a umidade relativa do ar abaixo de 12% potencializa a chance de incêndios e pode fazer mal à saúde das pessoas, que devem procurar se hidratar e evitar fazer atividades físicas ao ar livre nos horários mais quentes do dia.

Ao mesmo tempo, os técnicos do Instituto alerta para o potencial risco de chuvas intensas e até temporais atingirem algumas cidades do Amapá, Amazonas, Rio Grande do Sul, Roraima e Santa Catarina.

Leia também:   Sudeste tem sol com pancadas de chuva nesta sexta-feira (22)

Em quatro estados (Maranhão, Pará, Paraná e São Paulo), há regiões sujeitas a enfrentar chuvas intensas ao longo desta terça-feira e áreas em que a população enfrenta o calor e a baixa umidade.

 

DIVERSIDADE DE CLIMAS

Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, a meteorologista Morgana Almeida explica que as diferentes situações se devem à atuação dos sistemas meteorológicos que atuam simultaneamente no País.

“Devido às dimensões continentais do Brasil, temos uma diversidade de climas e de sistemas meteorológicos atuando em um só dia. Hoje [ontem], temos áreas de instabilidade na Região Norte, com risco de chuvas fortes isoladas, da mesma forma que, no outro extremo do País, na Região Sul, há uma nova frente fria em formação atuando, com a possibilidade de ocorrerem temporais. Já na área central do país, a massa de ar quente que está há praticamente duas semanas parada sobre a região favorece as altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar” – detalha Morgana.

Leia também:   Previsão de sábado (23) ensolarado na Região Sudeste

 

Foto do destaque: CBMBA-ABr/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here