“Estou rezando para não pegar”. A declaração da modelo Lorena Macedo, cuja mãe está com sintomas de dengue, representa a preocupação dos mateenses com a alta incidência de casos notificados da doença no Município. A Rede TC recebeu relatos de moradores que estão assustados, em pontos diferentes da Cidade, com o temor de serem alvo do mosquito Aedes aegypti, o transmissor da doença e de outros males.

Em entrevista por telefone, Lorena disse que reside no Bairro Lago dos Cisnes e que outros vizinhos também estão com sintomas de dengue. A mãe dela, Eliana Nascimento Correia Macedo, detalha que no dia 31 de maio, começou a ter febre e dor na garganta à noite. Pintas vermelhas apareceram no sábado e no domingo “surgiu uma dor terrível pelo corpo”. Autônoma, Eliana acrescenta que “essa doença é horrorosa” e até esta quarta-feira (5) não estava podendo trabalhar, mesmo estando um pouco melhor. Ela relata que ainda estava com o corpo muito fraco, mãos e pés inchados.

Eliana e Lorena acrescentam que outros vizinhos no Bairro Lago dos Cisnes também estão com sintomas de dengue. Eliana frisa que quando foi ao hospital, soube que tem muitos casos em São Mateus. Ela pede que o carro fumacê intensifique as ações contra o mosquito na Cidade.

Leia também:   Militares apreendem cocaína e maconha e prendem jovem em Guriri

OUTROS RELATOS
Pessoas de outros bairros também demonstraram preocupação. Um morador de Guriri, que pediu para não ter o nome divulgado, disse que uma agente de saúde esteve na casa da mãe dele e comentou que há muitos casos de dengue notificados no balneário. Ele acrescentou que o cunhado foi até a unidade de saúde do Bairro Ideal e ouviu que busca de pacientes para tratar os sintomas da dengue está intensa. Uma manicure que reside no Bairro Vila Verde disse à Rede TC que o filho dela, de 17 anos, começou a sentir os sintomas no dia 31. Nesta quarta à tarde, ele faria exames para detectar a doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here