Na iminência de ser lançado um novo concurso público para o Corpo de Bombeiros do Espírito Santo, o comandante da 1ª Companhia Independente, major Cristiano Sartório, convoca jovens de São Mateus e de outros municípios do norte do Estado a se prepararem para participar do processo seletivo. De acordo com ele, ainda sem data definida para ocorrer, o concurso poderá oferecer 80 vagas de soldados.

Major Sartório detalha há expectativa da realização do processo seletivo em breve por conta da necessidade de renovação do efetivo. “Mesmo porque muita gente está indo para reserva”, sustenta. Além das 80 vagas previstas para soldados em todo o Estado, o comandante frisa que há possibilidade de serem aprovados também candidatos para iniciar nas turmas de formação da corporação.

Diante da perspectiva, o major frisa a importância da participação de jovens da região. Conforme detalha, boa parte do efetivo atual da 1ª Companhia reside na região metropolitana.

Neste sentido, o comandante destaca que, a exemplo de outros concursos, tem buscado estimular que os mateenses possam buscar a antecipação da preparação intelectual e física para as provas teóricas e de aptidão física, aumentando as possibilidades de aprovação.

Leia também:   A importância dos jardins botânicos nas cidades

“Comecem agora para não deixar para a última da hora, aguardando edital, porque pode haver um período curto para a preparação”, sustenta. O comandante sustenta que podem se candidatar homens e mulheres de 18 a 28 anos. O salário inicial está em torno de R$ 3.300.

A carreira é de 35 anos. Quem entra no Corpo dos Bombeiros como soldado pode chegar a capitão.

 

Primeira prova de

caráter intelectual

 

São Mateus – O major Cristiano Sartório frisa que, desde o início da carreira, faz esse trabalho de estímulo ao ingresso de moradores da região ao Corpo de Bombeiros do Espírito Santo. Ele exemplifica que, no concurso mais recente, quatro moradores de São Mateus foram aprovados.

O major Sartório explica ainda que, normalmente, a primeira prova é intelectual. Na sequência ocorrem os testes físicos e a investigação social do candidato. Ele detalha que o teste físico envolve geralmente exercícios de corrida, natação, flexão, abdominal e barra. Os detalhes constarão em edital.

O comandante avalia que a carreira de bombeiro militar exige boa vontade e superação de desafios. “O grupo de trabalho é muito bom, as pessoas que trabalham conosco são de uma índole excepcional, o ambiente é agradável e prazeroso”, ressalta.

Leia também:   Análise de criação de novas universidades federais no Brasil avança no MEC, afirma Neucimar

 

Foto do destaque: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here